Com a prática da jardinagem, penitenciária recupera mulheres presas no Acre


4 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

No Acre, as plantas tem o poder de purificar o ar, embelezar paisagens e diminuir o tempo de reclusão de algumas presidiárias (!).

Explica-se: o Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde (FOC), localizado em Rio Branco, adotou a jardinagem como atividade ocupacional para algumas mulheres reclusas naquela prisão. Além de manter o viveiro do estabelecimento através de uma atividade prazerosa, as participantes da iniciativa ganham o benefício da remissão de pena – a cada três dias de trabalho no viveiro de plantas, têm direito a menos um dia de reclusão.

O programa conta, atualmente, com oito mulheres em regime fechado. A atuação das reeducandas já garante ao viveiro uma diversidade de mais de 70 espécies de plantas e todo o trabalho é coordenado pela agente penitenciária e engenheira agrônoma Tissiane Maciel.

“É visível a diferença entre as reeducandas ligadas ao cultivo das plantas e as demais. Aquelas em contato com a natureza, no cultivo das mudas, são mais calmas, enquanto as outras ficam mais ansiosas”, avalia Tissiane.

Fotos: Luciano Pontes/ Secom

As participantes confirmam o sucesso da ação: “Passar o dia no viveiro é uma terapia. Quando chego aqui, sinto que estou livre. O trabalho com as plantas me faz esquecer onde estou e tem me ajudado a seguir em frente”, conta Ana Ferreira (nome fictício), 37 anos.

Clara Souza (nome fictício), 20, outra reeducanda, também aprova o projeto: “Quando não venho para o viveiro passo o dia triste. O convívio com a natureza me alegra a alma, é como se a minha única dívida fosse comigo mesma, na busca pela felicidade”.

Para ter direito à remissão de pena, a mulher em situação prisional deve trabalhar 40 horas semanais e deve ter sido julgada e sentenciada, além de apresentar atestado de realização de trabalho. As mudas cultivadas no viveiro podem ser compradas na própria penitenciária.

Fotos: Luciano Pontes/ Secom 13455322284_22ea4892c0_c 13455071263_bfe1838f9b_c


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar