Tecnologia na Holanda recicla papel higiênico para ser usado como asfalto


Holanda
715 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

A Holanda é conhecida por ser um dos melhores países para se pedalar, devido a sua boa infraestrutura e leis protetivas. Além disso, também é um dos países que mais reciclam lixo no mundo, através de leis rígidas e acesso fácil à coleta seletiva. O reaproveitamento chega a mais da metade do que é recolhido. Em comparação, no Brasil não passa de 13%.

Agora o país aposta em uma nova tecnologia: o reaproveitamento de papel higiênico para ser usado no asfalto, para a pavimentação de ciclovias. Mas fique tranquilo que não é nada nojento!

Antes da aplicação, o material passa por um moderno sistema de reciclagem de resíduos, onde as fibras de papel são retiradas das águas residuais por uma peneira industrial e conduzidas a uma estação de tratamento de resíduos onde são filtradas, limpas e esterilizadas a temperaturas muito altas.

Como resultado, é obtido um material esponjoso que pode ser acrescentado à composição do asfalto e ajuda a dar mais permeabilidade ao solo, além de aumentar a absorção de água da chuva e a durabilidade da pista. As responsáveis pelos projeto são as empresas holandesas CirTec e KNN Cellulose, que estão em fase de teste, em um trecho de um quilômetro entre as cidades de Leeuwarden e Stiens.

Segundo os desenvolvedores, o produto pode ser usado ainda para fabricar bioplásticos e outros materiais de construção.

“Você remove algo que é um fardo no processo de tratamento de resíduos e o transforma em um produto de alto valor que pode ser vendido”, disse Carlijn Lahaye, diretor da CirTec, em entrevista à BBC.

Foto: CirTec
Foto: KNN Cellulose

Via

Foto de capa: KNN Cellulose


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista