Iniciativa: Crianças limpam praia na Baia de Guanabara


Os número são alarmantes, cerca de 8 milhões de toneladas de lixo plástico são lançadas todos os anos nos oceanos. Nós já chegamos a mostrar algumas iniciativas pioneiras para tentar minimizar esse problema, como essa aqui.

Esses resíduos, além de impactar drasticamente a vida marinha, tiram da sociedade os espaços para o esporte. Para mudar este cenário, a Parley for the Oceans (entidade global voltada à causa dos oceanos que já falamos aqui) e o Projeto Grael (ONG dos irmãos Lars e Torben Grael, que trabalha a educação por meio do esporte) lançam a iniciativa Parley Ocean School no Rio de Janeiro.

O projeto é uma escola itinerante que tem objetivo de conscientizar sobre o problema da poluição dos oceanos e, mais do que isso, engajar jovens, crianças e adultos em ações e hábitos para reverter esse cenário. Ela circulará até setembro por escolas públicas e pontos turísticos do Rio e de Niterói, apresentando vídeos e conteúdos explicativos. A expectativa é impactar pelo menos 5 mil pessoas.

O lançamento aconteceu semana passada na Praia de Icaraí, em Niterói, em um evento que reuniu mais de 100 crianças. Elas participaram de uma oficina interativa e educativa sobre o lixo nos oceanos. Durante a ação também ajudaram a limpar a praia, colaborando para a coleta seletiva de Niterói. No final de julho, elas terão a oportunidade de praticar atividades físicas com materiais esportivos produzidos através de resíduos reciclados, fruto de uma parceria com a WiseWaste, empresa especializada em criar soluções em Logística Reversa.

“O problema do plástico nos oceanos é global: o lixo que para aqui na Baia de Guanabara vai para outras praias também, outros mares.  Por isso é importante unir esforços e integrar experiências, como as da Parley, do Projeto Grael e da adidas. E multiplicar as soluções pelas crianças, que tem o poder de transformação”, afirma Thiago Marques, coordenador de Meio Ambiente do Projeto Grael.

O evento contou com a presença do iatista Torben Grael, que comentou sobre o papel das crianças para mudar essa realidade: “Se nós ensinamos desde cedo que a sustentabilidade é um assunto que deve ser levado a sério, a preservação se torna algo natural e conseguimos reverter o problema”.

20160714104221_IMG_2601a 20160714104418_IMG_2604a 20160714104452_IMG_2609[4]a 20160714111920_IMG_2691a 20160714111929_IMG_2692a

Lixo plástico transformado em tênis – Por meio da Ocean Plastic Program (Evitar, Interceptar e Redesenhar), a Parley for the Oceans tem o objetivo de acabar com a poluição nos oceanos. Entre suas ações, a organização tem uma parceria com a adidas, para transformar os resíduos plásticos em calçados e vestuários esportivos.

Neste programa, a adidas e a Parley for the Oceans desenvolveram um tênis de corrida produzido com resíduos plásticos retirados das áreas costeiras das Maldivas e redes de pesca ilegal. O protótipo, apresentado em 2015, (e que mostramos aqui) já se transformou em realidade: ainda no segundo semestre o tênis passará a ser comercializado.

20160714093734_IMG_2457 20160714093931_IMG_2458

Fotos: Divulgação

Comentários no Facebook

Acessar

Não tem uma conta?
REGISTRAR

Resetar senha

Voltar para
Acessar

REGISTRAR

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista
Video