fbpx

Londres será ‘movida’ a energia renovável a partir de outubro

A cidade de Londres anunciou um plano para suprir 100% de suas necessidades de energia com fontes limpas a partir de outubro deste ano.


londres
PUBLICIDADE ANUNCIE

A cidade de Londres anunciou um plano para suprir 100% de suas necessidades de energia com fontes limpas a partir de outubro deste ano.

Para alcançar esse objetivo, cidade vai instalar painéis solares nos edifícios e investir em projetos de energia solar e eólica para diversificar as fontes limpas que abastecem a cidade, de acordo com o portal Clean Technica.

Esse será um passo decisivo para tornar Londres uma cidade que emite 0% de carbono até 2050.

A ação faz parte do Programa de Energia para Londrinos (“Energy for Londoners Programme”) e o investimento final pode chegar a 34 milhões de euros (ou cerca de 150 milhões de reais).

A City of London Corporation, órgão responsável pela administração do distrito central de Londres (“Square Mile”) fará parcerias com escolas, centros sociais, comércios e uma grande área de espaço verde, onde serão instaladas as fontes de energia renovável, para colocar em prática a empreitada.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Londres

A presidente do Comitê de Política e Recursos da organização, Ctaherine McGuinness, afirmou em um comunicado que a iniciativa fará de Londres uma cidade mais limpa e verde.

“Estamos sempre visando o impacto ambiental em nosso trabalho e esperamos que possamos ser um exemplo a ser seguido por outras organizações”, destacou ela.

“Ao gerar nossa própria eletricidade e investir em fontes renováveis, estamos fazendo nossa parte para atingir objetivos nacionais e internacionais”, acrescentou.

É importante lembrar que Londres está entre as cidades do mundo que mais se esforçam para reduzir a emissão de carbono e seu impacto na natureza. O prefeito de Londres, Sadiq Kahn, recentemente anunciou que quer estabelecer dois dias livres de carro na cidade para reduzir a poluição na cidade.

“Esse é um grande passo para a City Corporation e demonstra nosso compromisso em nos tornar uma empresa mais responsável social e ambientalmente”, concluiu McGuinness.

crédito das fotos: Pixabay

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar