Virada Sustentável traz mais de 400 atrações gratuitas no Rio


64 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Entre 9 e 11 de junho, os cariocas terão a oportunidade de aproveitar do melhor jeito possível a Semana Nacional do Meio Ambiente.

A cidade recebe a  primeira edição da Virada Sustentável. O evento já teve edições em São Paulo, Manaus, Valinhos (SP) e Porto Alegre.

O evento conta com mais de 400 atividades, entre atrações culturais, apresentações musicais, performances, atividades zen, palestras e painéis de conhecimento. A entrada é franca.

Elas são baseadas nos temas apontados nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU (Organização das Nações Unidas), tais como Igualdade de Gênero, Erradicação da Pobreza, Boa Saúde e Bem-Estar, Cidades e Comunidades Sustentáveis, Consumo e Produção Responsáveis e Água Limpa e Saneamento.

O evento acontece em vários locais da cidade. Haverá palcos na Praça Mauá, no centro, e no Parque Madureira, na zona norte; atividades no Parque Laje, no Jardim Botânico, e no Favela Hub – polo de inovação social da organização não governamental (ONG) Viva Rio no Morro do Cantagalo/Pavão-Pavãozinho, ambos na zona sul; seminários no Museu de Arte do Rio (MAR), no Museu do Amanhã, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Na sexta-feira, dia 09, alguns dos destaques são a abertura da Virada Sustentável, no Museu de Arte do Rio (MAR), seminários sobre “Mudanças Climáticas” na FIRJAN e PUC, além de um jantar para 72 pessoas em situação de vulnerabilidade social no Refettorio Gastromotiva.

Ainda na sexta e também no sábado, estará no novo polo de inovação social na favela do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, o Favela Hub, onde haverá uma programação intensa de oficinas, feiras e um TEDx sobre empreendedorismo, com fundadores de projetos sociais em comunidades como palestrantes.

No dia seguinte, 10 (sábado), a programação chega à EAV Parque Lage, das 8h às 17h, com a festa matinal Wake – uma celebração com prática de yoga que propõe ressignificar a lógica urbana e proporcionar um novo olhar das pessoas para si mesmas e seu dia a dia -, na Oca, que também recebe vivências com tribos indígenas e práticas de meditação.

No Parque Lage, o público encontrará ainda o projeto infantil Festival Mundaréu, espaço lúdico onde meio ambiente, arte e cultura se misturam em apresentações teatrais, musicais e de dança, além de oficinas, brincadeiras, atividades educacionais e contações de histórias.

No domingo, 11, o destaque é o Parque Madureira, com atrações musicais, peças de teatro, oficinas e performances. Na Praça Mauá, a banda zen Awaken abre o palco e recebe o guru indiano Atmaji e o monge tailandês Burin, seguido da apresentação de Corais de Moradores de Rua e do show “Som da Cidade”, composto por artistas instrumentais de rua.

A Virada Sustentável será encerrada com uma grande aula e um baile charme no Parque Madureira.

Para além das fronteiras da região metropolitana da cidade, a Virada também terá uma programação de adesão em regiões mais afastadas do centro, como o 9º Fórum Rio, organizado pela Casa Fluminense, que será realizado em São João de Meriti (dia 10); o Cine-Debate “Baixada Nunca Se Rende”, uma parceria do Centro RIO+ da ONU, da Prefeitura de Duque de Caxias e da Universidade UnigranRio (dia 9); e uma ação de coleta de lixo nas praias de Niterói com a participação de alunos do Instituto Rumo Náutico – Projeto Grael marcando a Semana do Meio Ambiente.

Programação completa

www.viradasustentavel.org.br/

Facebook

Instagram

Twitter

Apoie nas redes sociais:

#euvirorio

#viresuacidade

Fotos: Reprodução


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista