fbpx

Aplicativo ajuda deficientes visuais a identificar ônibus antes de embarcar

O BusID identifica a linha do ônibus através da câmera do celular e fala em voz alta para o usuário, sem precisar de conexão com a internet.


PUBLICIDADE ANUNCIE

O quarteto Alberto Neto, Alexandre Nogueira, Risonaldo Moura e João Borges, estudantes do curso de Engenharia da Computação da Universidade Federal do Pará (UFPA), criaram um aplicativo que auxilia deficientes visuais a identificar o itinerário dos ônibus antes de embarcar.

Os estudantes de Engenharia da Computação desenvolveram o app BusID durante a disciplina de Computação Gráfica e Processamento de Imagens, oferecida pelos professores Deyvison Penha e Ronaldo Zampolo.

Durante as aulas, eles perceberam que existia uma carência de tecnologias assistivas para os deficientes visuais. Foi então que os estudantes decidiram aplicar o conhecimento adquirido em sala de aula no desenvolvimento do aplicativo.

“Percebemos que os deficientes visuais em Belém têm bastante dificuldade para identificar, sozinhos, a linha do ônibus que está à sua frente, pois nem mesmo há sistemas de localização que os auxiliem nesta tarefa, como em algumas cidades do País, contribuindo, portanto, com o aumento de sua dependência e exclusão social”, disse Risonaldo ao site da UFPA.

PUBLICIDADE ANUNCIE

aplicativo deficientes visuais ônibus

O BusID identifica a linha do ônibus através da câmera do celular e fala em voz alta para o usuário, sem a necessidade de tocar na tela do aparelho ou em algum botão, e, o melhor de tudo, sem precisar de conexão com a internet.

Os desenvolvedores ressaltam que para funcionar corretamente, o número do identificador da linha deve estar visível e o usuário precisa estar a uma distância menor que 10 metros. Por enquanto, a base de dados do app conta com cerca de 98% de todos os ônibus da Região Metropolitana de Belém cadastrados.

Nas próximas atualizações do aplicativo, serão adicionadas as linhas de ônibus que restam com as letras, e não somente com os números, além de aprimoramentos na usabilidade para os usuários, conforme seus feedbacks, o lançamento de uma versão para iOS, e opções para outras cidades do País.

Abaixo, uma matéria que explica mais sobre o BusID:

Fotos: Jornal Cultura/Reprodução

PUBLICIDADE ANUNCIE


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar