fbpx

Estudante argentino produz próteses para cachorros amputados de graça

As próteses são gratuitas e feitas sob encomenda.


próteses para cachorros amputados

Alejandro Colli montou uma impressora 3D em sua casa para fabricar próteses para cachorros amputados. O jovem estudante de engenharia não tem planos de transformar a ação num negócio lucrativo.

Ele deseja apenas que esses animais tenham uma vida digna e, por isso, doa as próteses, ao invés de vendê-las. Não é à toa que Alejandro ganha mais admiradores a cada dia – o jovem compartilhou o empreendimento no Twitter e, poucos dias depois, a postagem viralizou.

“É incrível o que as pessoas te agradecem. Ver um cachorro voltar a caminhar normalmente é algo que não tem preço, para não falar da felicidade dos donos. Eles me gradecem, mas não precisam agradecer”, disse Alejandro, em entrevista para o Clarín Notícias.

jovem próteses para cachorros amputados
Alejandro Colli produz as próteses em casa

Alejandro começou a assistir tutoriais de próteses para cães no YouTube por curiosidade. “Depois me dei conta de que era capaz de fazer”, relembra. Então, em 2017, o estudante do Instituto Stella Maria iniciou a produção de próteses para cachorros amputados.

produção próteses para cachorros amputados

Atualmente, ele está produzindo sua segunda prótese, para o cachorro de uma vizinha. Alejandro pegou as medidas do animal (ele produz as próteses sob encomenda) e caminha para terminar o protótipo. Cada prótese demora um dia e meio para ficar pronta – a impressora 3D leva três horas para imprimir cada uma das peças da prótese.

próteses para cachorros amputados
A prótese é feita sob encomenda. Demora um dia e meio para ficar pronta

O custo de cada prótese é de 300 pesos argentinos (ou cerca de 45 reais). Um número que chama atenção: em alguns lugares, a prótese para cães amputados chega a custar 20 mil pesos (3 mil reais).

Por enquanto, o dinheiro para fazer as próteses sai do bolso de Alejandro, mas sua ideia, num futuro próximo, é conseguir financiamento para poder fazer mais próteses gratuitas. Até lá, ele segue trabalhando voluntariamente para ajudar mais cachorros a sorrirem novamente.

Fotos: Via


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar