Idoso cria canal no YouTube para contar ‘causos’ da II Guerra e do seringal em RO

O jornalista Euro Tourinho, 96 anos, criou um canal no Youtube para contar “causos” da família e até um encontro com o ex-presidente JK.


jornalista idoso canal YouTube

Com quase um século de vida, o jornalista Euro Tourinho criou um canal no YouTube para contar “causos” da família, compartilhar assuntos de interesse pessoal e até um encontro com o ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Leia também: Garoto de 8 anos sai do carro da mãe e ajuda idosa a subir escada

Ele já postou dois vídeos no canal, lembrando da chegada à Rondônia, em 1932, da 2ª Guerra Mundial e de sua paixão pelo jornal impresso, apesar de agora mergulhar de cabeça na produção de vídeos para o YouTube, auxiliado pela neta Euma Tourinho, segundo informações do G1.

Do tempo em que exercia a profissão de jornalista, o ‘youtuber’ Euro Tourinho destaca a visita de Getúlio Vargas ao antigo Território Federal do Guaporé, que, décadas depois, se tornaria o estado de Rondônia, além do encontro com Juscelino Kubitschek, durante a abertura da BR 364, na cidade de Vilhena, em 1970.

Sobre o momento ‘youtuber’ que está vivendo, no auto de seus 96 anos, ele afirma que a internet “tira a beleza de uma redação”, devido ao imediatismo, em troca de uma profundidade maior dos temas abordados.

“A internet é uma coisa muito dinâmica e moderna, você não vai conseguir acompanhar ela nunca. Ela é violenta. O jornalismo estará mecanizado daqui a alguns anos”, projeta Eurico.

Leia também: Idoso sobrevive com jornal feito à mão no interior de São Paulo

“Agora minha neta apresentou essa ideia, essa nova plataforma em que eu posso continuar a contar histórias. Acho que tudo chega no tempo certo”, disse ele.

Apaixonado pelo impresso, durante anos ele foi colunista do jornal “Alto Madeira”, que Eurico assumiria na década de 1950. O jornal – um dos mais antigos do país – imprimiu 28 mil edições ao longo de um século.

Para Eurico Tourinho, o jornal cumpriu um papel importante na história e memória da população de Rondônia. As atividades do jornal, na versão impressa, foram encerradas em 2017.

Confira o primeiro vídeo do canal Conversa com os Tourinhos:

Foto de capa © Pedro Bentes/G1


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar