Startup desenvolve serviço que transforma qualquer conteúdo em áudio


228 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Você já se viu sem tempo para ler artigos e textos do seu interesse na internet? Provavelmente sua resposta é “sim” e, segundo pesquisas, mais de 70% das pessoas com acesso à internet passam por essa mesma dor. Além disso, há 500 mil cegos no Brasil e ao menos 5,5 milhões de deficientes visuais no Brasil segundo o IBGE.


Ouça a matéria narrada por essa startup! Clique no play acima e experimente o Vooozer!

Foi pensando nesse cenário que a startup Vooozer foi criada no fim de 2016, com o objetivo de facilitar e impulsionar o consumo de conteúdo online através do áudio. O Razões também aderiu a essa novidade e você poder conferir todos os conteúdos em áudio também.

A ideia é simples: se falta tempo, disposição ou condição para uma pessoa ler online, ela poderia ouvir textos.

A proposta não é que todos textos da internet sejam substituídos por áudio, pelo contrário. A plataforma desenvolvida pelo Vooozer incentiva a convivência do conteúdo em texto junto com a versão em áudio. Como neste próprio artigo.

Já que um texto demora algumas horas a ser escrito e pode ser narrado e publicado em menos de 10 minutos, existe um forte custo-benefício para os sites oferecerem tal opção. Assim, seus visitantes podem consumir conteúdo em áudio enquanto dirigem, arrumam a casa, passeiam com o cachorro, entre outros. Se preferirem, a opção da leitura seguirá presente.

Em relação aos deficientes visuais, o serviço ofertado pela startup possui um diferencial relevante: todos conteúdos distribuídos pela plataforma são de narração humana e não robótica. Dessa forma, passa-se emoção, tons de voz adequados, entonação e dicção dignos de uma ótima experiência que todos merecem!

Grandes referências do mercado já publicam conteúdos em áudio pela plataforma de áudio da startup, como Catraca Livre, Resultados Digitas, Rock Content e Papo de Homem. E, claro, você já deve ter reparado que as novas matérias do Razões estão sendo publicadas com o player roxinho, certo? Para trabalhar com essas empresas de alto calibre, o Vooozer adota uma filosofia de feedback constante. Colhendo opiniões dos sites, seus visitantes e analisando resultados diariamente.

“Não somos um aplicativo. Somos uma plataforma de áudio com solução completa para blogs e sites em geral. Na plataforma, sites podem narrar seus artigos a serem publicados, fazer upload de arquivos ou até mesmo contratar narrações pelo nosso marketplace de narradores amadores e profissionais ou por pacotes mensais. O dono do conteúdo pode publicá-lo diretamente nas suas páginas através do player incorporável. Os visitantes do site não precisam baixar nenhum aplicativo e nem se cadastrar. Eles escutam o conteúdo diretamente pela página, seja no desktop ou no mobile. Sendo assim, o tráfego dos sites é fortalecido ao invés de desviá-lo para um aplicativo ou outra página.”, complementa Albert, CEO do Vooozer.

Segundo testes realizados pela startup junto a parceiros, textos que acompanham uma versão em áudio tiveram mais engajamento dos usuários, que, ao consumirem a versão em áudio, passaram mais tempo nas páginas, comentaram nos artigos ou até mesmo compartilharam em redes sociais apontando a opção do áudio. Para comprovar e acompanhar tais resultados, a empresa oferece um dashboard com estatísticas de desempenho dos conteúdos em áudio e relatórios que cruzam dados dos áudios com indicadores do Google Analytics.

“A receptividade do mercado tem sido bastante positiva. Estamos encontrando diversos sites dispostos a inovar e oferecer mais comodidade ao seu público. Para nós, a conquista dos primeiros testes com o Razões Para Acreditar foi empolgante, pois ajudar a distribuir conteúdos positivos traz uma satisfação especial.”, comentou Albert sobre o mercado.

Atualmente a plataforma é gratuita nos primeiros meses de uso e é possível encontrar mais informações sobre a empresa e seus serviços no site.

Foto: StockSnap


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista