10 jovens incríveis que estão salvando o mundo com suas empresas e projetos

Se você (ainda) não está familiarizado com o termo “Millenials”, primeiro veja este vídeo que mostra de forma bem interessante quem são esses jovens da Geração Y aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Matt Severson, Fundador de O Fundo da Escola

millenials-1

Em uma viagem pós-ensino médio para a Tanzânia, o garoto suburbano de Califórnia Matt Severson foi surpreendido ao saber que quase nenhum dos adolescentes que conheceu estavam indo para escola, porque não tinham dinheiro as algumas centenas de dólares necessárias para a matrícula. Usando as habilidades de computador que tinha e que conseguiram a ele um emprego no Google, Severson criou O Fundo da Escola, um site que permite que pessoas diretamentes, financiem a educação dos meninos e meninas em mais de uma dúzia de países. Cada aluno coloca um perfil incluindo seus interesses e objetivos, e doadores enviam dinheiro a quem eles escolhem. Até agora, o grupo financiou a educação de quase 1.000 crianças em países do Haiti até a Tanzânia (é claro). Claro, ainda falta uns 115 milhões em todo o mundo que não podem pagar uma escola, mas é um bom começo.

Shikha e Salim, Membros, Aventureiros de Kolkata

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

millenials-2

Conheça um casal de adolescentes que colocaram sua comunidade no mapa. Quando, em uma busca no Google Maps para a sua casa nas favelas de Kolkata, na Índia, o resultado deu em branco, Shikha, Salim e os seus amigos começaram uma campanha para mapear onde eles vivem. As informações que eles reuniram acabaram sendo usados nas campanhas de anti-pólio, ajudando trabalhadores de saúde rastrear quais casas não tinham ainda recebido as vacinas, aumentando a taxa de vacinação da comunidade de mais de 80 por cento.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=QPo1BM5B_60#t=192″]

Alex Budak, Co-Fundador, Start Some Good

millenials-3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Todos, desde os fabricantes de salada de batata até Zach Braff estão usando crowdfunding para financiar projetos de estimação. Por que não os “salvadores do mundo” também? StartSomeGood é a primeira plataforma de crowdfunding dedicada a apoiar projetos com o objetivo de tornar o mundo um lugar melhor. O cofundador Alex Budak surgiu com a idéia depois de ser voluntário na Índia com um grupo focado em capacitar meninas. Quando voltou para os Estados Unidos, ele recrutou uma equipe de desenvolvedores que ele conheceu através do basquete na Universidade da Califórnia, Los Angeles. Desde seu lançamento em 2011, o site financiou cerca de 100 empreendimentos em mais de uma dúzia de países. A campanha mais bem sucedida levantou mais de US $150.000 para lançar um caminhão de comida para os imigrantes da Ásia e do Pacífico buscando refúgio na Austrália.

Issam Chleuh, Fundador, Grupo de Impacto África

millenials-4

Microcrédito ajuda os empresários de menor escala nos países em desenvolvimento e os bancos tradicionais ajudam as grandes empresas. Deixados de fora da equação estão as empresas de médio porte. Esta lacuna inspirou o nativo de Mali, Issam Chleuh, a deixar seu trabalho na Ernst & Young e fundar o Grupo de Impacto de África, um fundo que investe em empresas que visam lucro e um impacto social positivo. Enquanto seus parceiros variam, o foco está em soluções para problemas sociais da África Ocidental. Um exemplo de investimento é o mPedigree, um serviço baseado em mensagens de texto que permite às pessoas determinar se os medicamentos são falsificados, um grande problema em países pobres.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jackson Harries, Vlogger, JacksGap

millenials-5

Tudo começou com uma experiência: o adolescente britânico Jackson Harries decidiu fazer alguns vídeos bobos enquanto tirava férias entre o Colégio e a Universidade. Ele começou a postar vídeos de suas viagens ao redor do mundo em 2011 e desde que viu sua audiência crescer para mais de 3,5 milhões assinantes no YouTube. Harries levou seus telespectadores para a Índia, Sri Lanka e África do Sul para ver os desafios enfrentados por pessoas que vivem na pobreza. Com sua narração super rápida, edição inteligente e piadas decentes, o que poderia ser deprimente se torna divertido e educativo.

Juan David Aristizabal Ospina, Co-Fundador, Fundacion Buena Nota

millenials-6

Para Juan David Aristizabal Ospina, o ativismo começou aos 13 anos. Ele começou a trabalhar em programas de mudança social e reportar sobre eles para o jornal da escola. Essa experiência lhe ensinou muito sobre como ativar os jovens para melhorar suas comunidades. Mais tarde, como um estudante da Universidade, ele e um amigo criaram o Buena Nota, uma plataforma social que permite que ativistas e empreendedores sociais se conectem diretamente com os jovens que são mais apaixonados pelo seu trabalho. Ele também fornece um canal de bate papo que pode ajudar ativistas a aprimorar suas campanhas, e dá a jovens colombianos um meio para se conectar uns com os outros, com base em suas paixões.

Josh Nesbit, CEO, Medic Mobile

millenials-7

O objetivo de Josh Nesbit era ir para a Universidade de Stanford, fazer medicina e então se tornar um médico. Ele chegou a Stanford, mas não se tornou um médico; em vez disso, ele se envolveu com um projeto envolvendo outros estudantes da Stanford e Lewis & Clark College. Seu objetivo era coordenar agentes comunitários de saúde no Hospital de St Gabriel no Malawi. Desde então tem crescido em uma plataforma global. Desenvolvendo tecnologias móveis existentes, a Medic Mobile tem emergido como uma das tecnologias mais importantes para os trabalhadores de saúde rurais. Aplicativos de software permitem que os profissionais de saúde instalados nas comunidades acompanhem e registrem informações sobre famílias inteiras. Dados viajam por mensagem de texto, dos trabalhadores de saúde para instalações de cuidados de saúde. A ferramenta está sendo usada em 21 países por mais de 7.000 trabalhadores de saúde, que chegaram a umas 5 milhões de pessoas.

Gianna Driver, Fundadora, Gianna Fair Trade

millenials-8

A mãe de Gianna veio para os Estados Unidos das Filipinas noiva e grávida e as coisas foram pelo ralo desde então. Ela fugiu com sua filha, seu marido abusivo, e os dois acabaram em um abrigo para mulheres. Gianna nunca esqueceu as dificuldades que sua mãe sofreu. Quando adulta, ela começou uma carreira com uma grande companhia de seguros, mas não a deixou satisfeita. Então ela largou tudo para fundar uma empresa de vestuário ético. Gianna Fair Trade não só garante que os trabalhadores que fazem as peças de vestuário que vendem são pagos com um salário justo; a empresa também permite que os clientes saibam mais sobre quem fez o produto e o que quer fazer com o dinheiro está ganhando. A empresa produz roupas em Laos, Tailândia, Índia e Filipinas.

Lina Useche, Co-Fundadora e Diretora Executiva, Aliança Empreendedora

millenials-9

Esta jovem organização brasileira aumentou o acesso ao microcrédito em mais de 15 estados em seu país, apoiando 15.000 micro-empresários, desde 2005, enquanto oferece aos beneficiários cursos em gestão e desenvolvimento de negócios. Com os parceiros, incluindo Itaú Binacional e o Engage, a Aliança Empreendedora opera uma plataforma que permite a pequenos empresários a financiar publicamente o dinheiro de que precisam para apoiar seus negócios. Os beneficiários de empréstimo têm visto seus rendimentos quase dobrar, e o programa tem uma taxa de retorno de 97%.

Kerstin Forsberg, Co-Fundadora, Planeta Oceano

millenials-10

Kerstin Forsberg é uma bióloga da conservação que está melhorando as águas do seu país de origem, o Peru, bem como as vidas das pessoas que vivem perto deles. O que começou como um projeto de graduação sobre tartarugas marinhas se transformou em uma organização que está ajudando a proteger a costa peruana há muito tempo. O Planeta Oceano realiza pesquisas e obras com dezenas de escolas para promover a educação marinha e parceiros com organizações locais para promover as empresas ambientalmente amigáveis. Kerstin tem ambições de levar as lições aprendidas para outros países.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após 30 anos, morador de rua reencontra família graças à ajuda de desconhecidos

Passados 30 anos sem contato com sua família, Ivanildo reencontrou uma irmã e um sobrinho com a ajuda de pessoas que se solidarizaram com sua situação.

Disney lança linha de produtos exclusivos para público LGBTQ+

Produtos exclusivos para gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e todo o Vale.

Tatuadores transformam em arte cicatrizes de automutilação gratuitamente

A iniciativa tem o objetivo de fazer as marcas do passado ganharem um novo significado!

Ivete curte Carnaval fantasiada e no meio do povo em Salvador

Que Ivete curte Carnaval mais do que qualquer um na vida, a gente já sabe, e ela não se contentou em ficar 'apenas' no...

Instagram

10 jovens incríveis que estão salvando o mundo com suas empresas e projetos 3