Após 40 anos de proibição da caça, baleias-azuis finalmente retornam às regiões polares

Desde 1986 a caça de baleias é proibida no mundo. Uma comissão internacional, formada por mais de 80 países, conseguiu decretar a suspensão dessa prática. Agora em 2021, quase 40 anos depois, o resultado dessa atitude mais que necessária começa a dar resultados: as baleias-azuis estão retornando ao seu habitat!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

baleias retornam para seu habitat
Foto: Pixabay

A exploração das baleias em larga escala acontece desde o século 9, mas foi no século 19, que os navios baleeiros, começaram a ser utilizados. A partir daí houve uma grande mobilização para suspender a caça, pois muitas espécies já eram dadas como extintas naquela época.

Os resultados positivos da moratória de 1986, da Comissão Baleeira Internacional, surgiram agora com a publicação de um estudo. A pesquisa aponta o crescimento da população de baleias-azuis em torno da ilha da Geórgia do Sul, no Oceano Atlântico. E isso é fantástico!

baleias retornam para seu habitat
Foto: Pixabay

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A comissão mostra que no início do século 20, cerca de 3 mil baleias eram mortas por ano nessa região. Isso fez a população desses mamíferos praticamente desaparecer desses mares.

O monitoramento da área é feito há 9 anos e os pesquisadores já contabilizaram 41 baleias-azuis vivendo perto do arquipélago. Isso significa que os animais enfim se sentem mais seguros para reocuparem seus habitats.

baleias retornam para seu habitat

Outros pontos de reocupação também já foram encontrados pela equipe que monitora a espécie. No extremo norte do planeta, as baleias já ocupam as águas setentrionais novamente, principalmente na área que compreende o Alaska, nos Estados Unidos.

A Comissão Baleeira Internacional agora quer manter esse crescimento populacional. Nos dois pontos citados, há a grande presença de krill, um crustáceo minúsculo que é o principal alimento das baleias-azuis. Isso faz com que as populações só cresçam ao longo dos anos, segundo especialistas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Superinteressante

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Após 40 anos de proibição da caça, baleias-azuis finalmente retornam às regiões polares 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,250SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem cobrar nada, engenheira civil se dedica a reformar casas de pessoas carentes em Natal (RN)

Após realizar o próprio sonho de viver em uma casa reformada, a engenheira civil Fernanda Silmara agora se dedica a reformar residências de famílias...

Bebê prematura com sério problema no coração sorri após implantar dispositivo que salvou sua vida; assista

Um novo dispositivo traz esperança para bebês prematuros e recém-nascidos que apresentam um “buraquinho” no coração com risco de vida. Para a gauchinha Martina,...

Aos 72 anos e após vencer um câncer, idosa é aprovada em 2º lugar no vestibular de federal

Aos 72 anos e após vencer um câncer, a dona Edicleia de Arruda Zanini foi aprovada em 2º lugar no vestibular da faculdade de...

Este professor fazia uma brincadeira com alunos, mas não imaginava que ela terminaria assim

Cada professor tem que procurar alternativas para conseguir driblar o uso excessivo de celulares dentro da sala de aula, eu quando passei uns meses...

Mauricio de Sousa aparece de surpresa em aula de escola pública por menino autista

Mauricio de Sousa apareceu de surpresa em uma aula online para crianças de uma escola pública de São Paulo. A criançada amou, especialmente o...

Instagram

Após 40 anos de proibição da caça, baleias-azuis finalmente retornam às regiões polares 3