Após 40 anos de proibição da caça, baleias-azuis finalmente retornam às regiões polares

Desde 1986 a caça de baleias é proibida no mundo. Uma comissão internacional, formada por mais de 80 países, conseguiu decretar a suspensão dessa prática. Agora em 2021, quase 40 anos depois, o resultado dessa atitude mais que necessária começa a dar resultados: as baleias-azuis estão retornando ao seu habitat!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

baleias retornam para seu habitat
Foto: Pixabay

A exploração das baleias em larga escala acontece desde o século 9, mas foi no século 19, que os navios baleeiros, começaram a ser utilizados. A partir daí houve uma grande mobilização para suspender a caça, pois muitas espécies já eram dadas como extintas naquela época.

Os resultados positivos da moratória de 1986, da Comissão Baleeira Internacional, surgiram agora com a publicação de um estudo. A pesquisa aponta o crescimento da população de baleias-azuis em torno da ilha da Geórgia do Sul, no Oceano Atlântico. E isso é fantástico!

baleias retornam para seu habitat
Foto: Pixabay

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A comissão mostra que no início do século 20, cerca de 3 mil baleias eram mortas por ano nessa região. Isso fez a população desses mamíferos praticamente desaparecer desses mares.

O monitoramento da área é feito há 9 anos e os pesquisadores já contabilizaram 41 baleias-azuis vivendo perto do arquipélago. Isso significa que os animais enfim se sentem mais seguros para reocuparem seus habitats.

baleias retornam para seu habitat

Outros pontos de reocupação também já foram encontrados pela equipe que monitora a espécie. No extremo norte do planeta, as baleias já ocupam as águas setentrionais novamente, principalmente na área que compreende o Alaska, nos Estados Unidos.

A Comissão Baleeira Internacional agora quer manter esse crescimento populacional. Nos dois pontos citados, há a grande presença de krill, um crustáceo minúsculo que é o principal alimento das baleias-azuis. Isso faz com que as populações só cresçam ao longo dos anos, segundo especialistas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Superinteressante

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,539SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Manifesto” pelo fim do machismo na educação dos meninos viraliza na web

Casos como o do estupro coletivo de uma jovem de 16 anos por 33 “homens” no Rio de Janeiro, que dominou o noticiário recentemente,...

Vaquinha bate R$ 32 mil e homem trans que largou tudo para cuidar do pai acamado conseguirá custear os cuidados

Gente, o Enzo tem um amor incondicional pelo seu Ronaldo, de 50 anos. Contamos a história emocionante deles, quando o filho largou tudo para...

Paranaense precisa de ajuda para fazer cirurgia e retirar 30 kg de tumores nas pernas; saiba como ajudar

Vocês lembram da Karina? Ela tem 31 anos e nasceu com uma doença rara e sem cura chamada neurofibromatose tipo 1 (NF1), uma condição...

Google Maps acessível: aplicativo passa a ter opção para quem usa cadeira de rodas

A vida das pessoas que necessitam de uma cadeira de rodas para se locomover já não é fácil, imagina então nas cidades grandes, com...

Fotos de artista revelam arco-íris nunca visto em beija-flor-preto

As fotos são de uma beleza impressionante, parecem até mais uma pintura. Mas os registros do artista plástico australiano Christian Spencer são fotos verdadeiras e foram...

Instagram

Após 40 anos de proibição da caça, baleias-azuis finalmente retornam às regiões polares 2