5 lições de Adele sobre a vida

Uma casa trancada e cheia de poeira. Esse é o cenário do clipe da música que marcou o “retorno” de Adele, no final de 2015, após quatro anos sem gravar.

Vemos ela arrancar as cortinas das janelas e os lençóis que cobriam os móveis, antes de ouvirmos “Hello! It’s me”. Era Adele se apresentando novamente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como se fosse preciso! Reconhecemos sua voz imediatamente. E o reconhecimento do seu trabalho — o álbum 25, o terceiro de sua carreira — veio no último fim de semana, durante o Grammy 2017: venceu as principais categorias e levou cinco prêmios, entre eles o de melhor disco.

“Sou grata mas não posso aceitar esse prêmio”, respondeu a cantora, em um discurso emocionado. “A artista da minha vida é Beyoncé e seu álbum Lemonade é tão monumental.”

De cada uma dessas ações de Adele podemos tirar verdadeiras lições de vida!

1. A vida é prioridade

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Adele passeando com o filho

Com o nascimento do filho Angelo, em 2012, Adele tomou a decisão de se dedicar a família. Esse é o principal motivo para ter ficado quatro anos sem gravar um novo álbum de estúdio. Turnês mundiais nos próximos anos também não estão nos planos da cantora, que em entrevistas já afirmou ser bastante caseira e sentir mal-estar durante longas excursões.

Leia também: Adele passeia com filho na Disney vestido de princesa e mostra, de novo, que não tem preconceito de gênero

2. Permita-se errar

“Sinto muito. Podemos começar de novo?”. Foi assim que Adele lidou com as falhas ao cantar “Fast Lover”, em homenagem a George Michael, que morreu em dezembro do ano passado (assista aqui). Em sua apresentação na edição anterior do Grammy, Adele também desafinou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

3. Não alimente o seu ego

Adele poderia acreditar na imagem de superstar. Mas consegue ser humilde a ponto de se declarar fã de Beyoncé, reconhecer a grandiosidade do trabalho de Queen B e ainda questionar a escolha da academia por seu próprio álbum.

4. Reconheça a si mesmo

Adele com o troféu quebrado

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Há quem diga que Adele quebrou um dos troféus que recebeu para dividir com Beyoncé — apesar de vídeos que circulam pela internet mostrarem a cantora trocando o quebrado por outro inteiro nos bastidores. O acontecimento, porém, carrega uma simbologia incontestável: o valor que damos a nós mesmos e aos outros é muito mais importante do que qualquer prêmio.

5. Respeite o seu tempo

Adele mostra que priorizar a vida não significa deixar de produzir, mas fazer isso respeitando o seu tempo. O resultado são criações genuínas, com mensagens que tocam o coração das pessoas. Não é esse um dos possíveis sentidos da vida?

(Post originalmente publicado no Medium e reproduzido com autorização)

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,577,517SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal decide adotar os seis filhos da amiga que morreu de câncer

O casal Stephanie e Donnie Culley, do estado da Virgínia, nos Estados Unidos, não podia negar um pedido especial da amiga Beth Laitkep: adotar...

Homem limpa sozinho um playground na Malásia, para proteger crianças da Covid-19

Em tempos onde todo mundo se preocupa com a limpeza dos ambientes, Mustaqim Kumar Abdullah Sooria lembrou de lavar um espaço que poucas pessoas...

Mesmo passando dificuldades, Uber recusa pagamento de corrida para ajudar mãe com filho doente e recebe apoio com vaquinha

Para levar o filho Davi, que tem Leucemia, até o hospital, Sâmia decidiu pedir um Uber. Quem chegou para buscá-los foi seu José que,...

Hospital de Porto Alegre faz surpresa de Páscoa e veste bebês internados com roupas de coelho

O Hospital das Clínicas de Porto Alegre fez uma surpresa nesta Páscoa pra lá de fofa para os papais e mamães de bebês que...

Queniano desenvolve luvas capazes de traduzir em áudio a língua de sinais

O engenheiro elétrico Roy Allela, de 25 anos, desenvolveu um dispositivo capaz de traduzir a língua de sinais em áudio. As "luvas inteligentes" são uma...

Instagram