5 mil bicicletas abandonadas no festival “Burning Man” serão doadas para vítimas de furacões nos EUA

Mais de 5 mil bicicletas abandonadas no festival Burning Man deste ano serão doadas para as vítimas dos furacões que atingiram os EUA nas últimas semanas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Burning Man é um festival que acontece no meio do deserto de Nevada, onde containers, barracas e bicicletas viram cinzas, literalmente, assim que as chamas do festival se apagam. Desta vez, as bicicletas empoeiradas pela fumaça serão reformadas por voluntários.

Relacionado: Amor, cores e magia: confira o ‘Não-Casamento’ inspirado no festival Burning Man

Cerca de 100 bicicletas estão a caminho do estado da Flórida. Em seguida, elas serão entregues a programas e organizações de amparo às vítimas dos furacões, em toda a Flórida e no Caribe.

Perfect perch for a kiss, as @scotchhorse and @ishack know. | Photo by @missjessrose | #burningman #blackrockcity #brc

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Burning Man (@burningman) em

A página da iniciativa na plataforma de crowdfunding GoFundMe já arrecadou US $ 3.800 da meta inicial de US $ 10.500 para custear o transporte das bikes. Meg Kiihne, idealizador da campanha, disse que as bicicletas fornecerão transporte às pessoas afetadas pelos furacões.

Além disso, Kiihne afirmou que serão criados centros de reparo de bicicletas nas regiões atingidas, gerando dezenas de oportunidades de emprego para as economias locais.

Please ⚡️don’t ⚡️leave ⚡️your ⚡️bikes ⚡️at ⚡️Burning ⚡️Man. #burningman #dpw2017 #leavenotrace

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Logan Mirto (@loganmirto) em

Kiihne conta que a ideia do projeto surgiu depois que ele viu fotos das “bicicletas solitárias do queimador”. “Como disse a todos os repórteres desde então, não pensei muito nos próximos passos”, afirmou Kiihne. “Como alguém que trabalha como diretor/produtor de eventos ao vivo e tendo a visão durante anos de conseguir bicicletas para comunidades de baixa renda, honestamente não pensei muito. Eu reagi ao que eu sabia que era necessário e poderia fazer.”

Fotos: Instagram/Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,560,438SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ato de amor: Carrinho de picolé de menino quebra e desconhecidos ajudam de forma inesperada

Na cidade de Juiz de Fora (MG) um menino vendedor de picolé teve uma surpresa desagradável quando seu carrinho se espatifou e todos os...

Estudantes de Votorantim (SP) abrem farmácia para distribuir remédios de graça

Os alunos do curso técnico de Administração da Escola Técnica Estadual (Etec) Profº Elias Miguel Júnior, de Votorantim (SP), criaram uma farmácia popular para...

Veja as 10 notícias de 2020 que restauraram nossa fé na humanidade (sim é possível!)

Esse não foi um ano fácil, né gente? A pandemia nos trouxe uma série de desafios e atribulações, mas ela também mostrou a nossa...

Instagram