99 e Vamos Juntas treinam motoristas para promover corridas seguras para mulheres

Mais de 200 motoristas participaram da iniciativa que faz parte das ações para o Dia da Mulher e conta com Workshop presencial, online e cartilhas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 Em março, a 99 realizou um Workshop presencial para motoristas que aceitaram o convite para receber orientações de como treinar motoristas afim de evitar assédio a mulheres. O cuidado com o assédio, sejam elas motoristas ou passageiras, é algo que vem sendo pauta da 99 desde o ano passado, tanto que em setembro a empresa lançou o  Motorista Mulher.

No último dia do Workshop presencial, em 07 de março, a jornalista e feminista Babi Souza, do Movimento Vamos Juntas orientou e conscientizou mais de 200 motoristas homens a zelarem pela segurança e bem estar das passageiras mulheres, além de mostrar casos reais de assédio.

“Tentei mostrar da forma mais didática os casos que as mulheres passam no dia a dia. Achei muito importante trazer a conscientização de como evitar ou proteger as mulheres em casos de assédio”, diz a jornalista Babi Souza.

Além de recomendações e dicas sobre o tema, também houve a distribuição de uma cartilha que aborda como proceder em cada caso de assédio identificado, seja dentro ou fora do carro. Todo o conteúdo também ficará disponível na versão online, no site da 99.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A ideia é ajudar o motorista a lidar com situações críticas envolvendo mulheres. Um caso onde se perceba desconforto com um acompanhante embriagado e forçando uma situação, por exemplo, o recomendado é olhar diretamente nos olhos da mulher e perguntar se ela está bem, se prefere ir para outro destino que o anunciado. Um ato simples como este pode evitar uma situação delicada”, explica Babi.

O ponto mais importante desse trabalho é que os motoristas aceitaram as orientações para realizar um melhor atendimento às mulheres que fazem uso do aplicativo”, afirmou Marcel Bely, coordenador de redes sociais da 99.

Os motoristas que participarem do Workshop irão receber um adesivo mostrando que estão em treinamento. Ao longo do tempo, eles terão suas corridas avaliadas e os que tiverem as melhores notas recebem um selo definitivo.

“Estamos satisfeitos por construir um projeto de longo prazo, focado no respeito e que tem como objetivo a preocupação com as pessoas”  afirma a redatora de marketing da 99, Juliana Rebelo. Além do Workshop presencial, a meta da 99 é criar um canal no Youtube para ministrar o curso online. “Queremos atingir motoristas de todo o país”, confirma Juliana.

Veja os depoimentos dos motoristas do 99POP que participaram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Wellington Luis Souza Costa

“Não imaginava que as mulheres passavam por tantos casos de assédio, ainda mais todos os dias. Foi muito importante a orientação e conscientização deste Workshop, pois 70% dos passageiros que atendo são mulheres”, diz.

Luiz Felipe Pinheiros, motorista do 99POP

“Às vezes, o motorista pensa que não deve reagir a uma briga, pois pode constranger o casal, mas dependendo do caso, pode até ser até assédio, então o motorista pode proteger a mulher, sim”, enfatiza.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecidos ajudam neta que precisava de cadeira de banho para avó acamada

A avó de 84 anos vive acamada e sofre com as feridas espalhadas pelo corpo.

O elefante mais solitário do mundo deixa o zoológico para finalmente ser livre

É sempre muito maravilhoso quando a gente vê que a relação da humanidade com a natureza só melhora a cada dia. Já contamos histórias...

Estudantes criam etiquetas em braille para deficientes visuais

Maior liberdade de escolha para os deficientes visuais, que poderão comprar as peças que quiserem sem depender da ajuda de alguém que enxerga.

Cientistas de Manaus estudam animais da Amazônia para impedir novas pandemias

Antecipando-se ao surgimento de novas pandemias, em Manaus (AM), cientistas trabalham na descoberta de novos vírus examinando amostras de fezes, sangue e outros tecidos...

Marceneiro de 86 anos criou um jogo para ensinar tabuada às crianças de forma divertida

Nunca é tarde para iniciar algo novo em sua vida, lembrem do Roberto Marinho, que criou a Rede Globo quando tinha 61 anos e...

Instagram