A emoção de cortar a última mecha do cabelo com química e assumir seu lindo crespo

Quando falamos que representatividade importa, é por essas pessoas que estamos falando.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver pessoas negras nas campanhas de publicidade, por exemplo, é uma reivindicação que a modelo liberiana Deddeh Howard tem feito para chamar atenção de agências de modelo, relembre aqui. Mas sabemos que toda essa consciência e autoaceitação começa desde cedo, e ver pais como o Benny Harlem, que tira fotos maravilhosas com sua filha para empoderá-la e mostrar que seu afro é maravilhoso, é sempre reconfortante.

Certa vez publicamos sobre a Júlia Belmonte (na época com 10 anos), que fez um vídeo incentivando as meninas a não alisar o cabelo e a gostar mais dos seus cachos – relembre aqui. Ver essa geração crescendo consciente da sua ancestralidade e do valor da sua pele é de um valor incalculável.

Leia também: Fotógrafa cria projeto que valoriza a beleza natural dos cabelos das crianças

Por isso, ver uma mulher negra mostrando sua transição de cabelos alisados com química para o natural crespo é extremamente relevante e importante de se mostrado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Amanda Mendes resolveu criar um canal no Youtube, o Tô de Crespa,  justamente mostrando seu processo de transição capilar, começou desde quando seu cabelo estava liso, passando por cortá-lo, usar com tranças e finalmente deixá-lo livre. O primeiro post que ela fez no Instagram foi esse:

Deixe estar.

A photo posted by Amanda Mendes (@todecrespa) on

Passando pelo processo de usar tranças por alguns meses:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E então finalmente conseguir tirar as últimas mechas de cabelo com química que ela tinha. Quem publicou o vídeo foi a Yuli Maiara, com a descrição:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O vídeo já tem mais de 250 mil views e mlihares de comentários de incentivo à Amanda. Em uma publicação ela escreveu:

“O big chop foi algo muito marcante, fica difícil conter as lágrimas quando me recordo da sensação e sentimento que tomaram conta de mim nesse momento.
Cresci tanto com a transição, aprendi a valorizar as diferenças e ver beleza em cada característica única que possuímos, aprendi a me amar exatamente como sou, me empoderei, me superei. Hoje me sinto livre!”

Pra quem quiser saber da história dela toda, a Amanda fez um vídeo contando tudo que ela passou. Vejam:

Diz aí! Ela não ficou ainda mais bonita? Dá uma olhada na lindeza:

Quem quiser acompanhá-la, suas redes sociais são:

Recentemente publicamos uma história sobre gratidão, que uma família fez para agradecer a uma revendedora de cosméticos tudo que ela fez por eles, vejam:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,786,495SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem os braços, arqueiro Matt Stutzman quer incentivar pessoas a serem melhores

Imagine-se na seguinte situação: você não tem os dois braços e te convidam para treinar tiro com arco. Parece impossível, não? O arqueiro e...

Bebê fofo dá show de interpretação com música da Whitney Houston. Veja vídeo!

Sabe aquelas pessoas que nascem com dom musical? Pois é... o pequeno Matt aqui é exatamente esse tipo de pessoa, a única diferença é...

Esposa doa rim para ex-marido doze anos após separação

Mais de uma década após se separarem, a paranaense Beth Caperclaro doou um de seus rins para o ex-marido, Claus Ziegelmaier. “Como éramos esposo e...

Carioca vira o “Rei das Unhas” e viaja o Brasil dando cursos de formação de manicure

É que quando a gente tem aptidão para algo, ninguém segura! O Wallace Costa, por exemplo, aos 30 anos ele se destaca em uma...

Policiais escoltam menino em seu primeiro dia na escola

Os policiais eram colegas de trabalho do pai do menino, morto em um tiroteio.

Instagram