A Equipe do RPA esteve com os ‘Chefs Especiais’, um projeto que utiliza a gastronomia para promover a inclusão social

Desde 2006 a iniciativa dos ‘Chefs Especiais’ tem transformado a vida de pessoas com Síndrome de Down. O que era para ser apenas um momento de descontração e de atitudes positivas se tornou um grande projeto conhecido e respeitado no mundo gastronômico. Inserir as pessoas com Síndrome de Down na vida e na sociedade como referência, qualidade e inspiração é a missão do ‘Chefes Especiais’, criado pelo casal Simone Berti e Márcio Berti.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os benefícios são muitos, pois valorizando as pessoas com a síndrome mostramos que, através do estimulo e respeito dia a dia elas conseguem obter sua independência e serem inseridas no meio social. Já viu uma felicidade mais simples e espontânea do que essa? O preconceito diminui a cada dia e um exemplo disso é ver um lindo sorriso estampado no rosto de cada um deles. Isso mostra que através de muita força e união sempre conseguirão juntos vencer barreira por barreira. Assistam ao vídeo do workshop que participamos, junto com alunos tão especiais!

8 2 7 5 4 3 6

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,941SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Policiais cozinham para casal de idosos solitários e gesto comove o mundo

Após ouvirem os idosos chorando no seu apartamento, os vizinhos do casal chamaram a polícia para ver se eles precisavam de ajuda. Os policiais atenderam...

Estilista traz pessoas consideradas ‘fora dos padrões da moda’ para desfilar na passarela

Estou reproduzindo na íntegra um  texto da excelente Valéria Brandini, da qual tive aulas de Antropologia durante minha pós no IED há algum tempo...

Desempregada é humilhada por mulher ao vender salgados e recebe apoio. “Disse ter nojo da minha casa por eu ter animais”

Jamile Aparecida mora em um pequeno apartamento com sua filha de 14 anos e vários animaizinhos, que ela tira da rua e ajuda a...

Sem-tetos plantam um imenso jardim orgânico, com capacidade de alimentar um abrigo inteiro

Cultivar um jardim orgânico é uma atividade tipicamente associada aos hipsters descolados que têm o tempo, dinheiro e treinamento para abraçar da causa. Mas um abrigo em...

Jovem se forma com a filha que nasceu no último ano de faculdade

Williams foi à cerimônia de formatura com sua adorável bebê vestindo uma beca e um chapéu iguaizinhos aos da mãe.

Instagram