Homem oferece “Abraços de Pai Grátis” em Parada LGBT e emociona participantes

O professor Scott Dittman, 44 anos, diz que não é necessariamente um aliado da causa LGBT, mas que se tornou amigo e confidente de dezenas de pessoas da comunidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Scott foi convidado por uma amiga, Denna, para ir à Pittsburgh Pride, a Parada LGBT da segunda maior cidade do estado americano da Pensilvânia. Ela é integrante da Free Mom Hugs (“Abraços de Mãe Grátis”, em tradução livre), uma organização que oferece auxílio financeiro e emocional a jovens expulsos de casa por conta de sua orientação sexual ou identidade de gênero.

“E eu disse, ‘tudo bem, eu vou’. Peguei minha camiseta de ‘Abraços de Pai Grátis’ e apenas pensava em colocar um sorriso no rosto das pessoas”, disse Scott.

O professor só não esperava o tamanho do efeito e repercussão que os seus abraços causariam nos participantes da Parada – e em si mesmo. A primeira pessoa a abraçá-lo foi esta jovem à direita.

homem abraços pai grátis parada lgbt

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu me virei e ela estava parada na minha frente com lágrimas nos olhos”, disse Scott. “Ela simplesmente me envolveu com seus braços e me agradeceu repetidas vezes”, disse.

O segundo grande momento foi com o homem à esquerda. Ele disse a Scott que foi abandonado por seus pais quando se assumiu gay aos 19 anos. “Ele começou a soluçar de tanto chorar e depois nos agradeceu. Foi uma honra estar ao seu lado, mas ao mesmo tempo, muito triste.”

homem abraços pai grátis parada lgbt

Com os abraços, o professor disse que sentiu diversos sentimentos naquele dia – alegria, felicidade, tristeza, raiva e até abandono.

“Posso afirmar que eles não tiveram a oportunidade de sentir algo tão simples como o abraço de um pai há muito tempo”, disse Scott. “Isso partiu meu coração.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

homem abraços pai grátis parada lgbt

Ao retornar para casa, impactado pelas histórias que ouviu e pelas pessoas que abraçou, Scott publicou um texto no Facebook sobre a sua experiência.

“Imagine isso, pais. Imagine que seu filho se sinta tão rejeitado por vocês que ele se entrega nos braços de um completo estranho e soluça de tanto chorar só porque aquele estranho está vestindo uma camisa oferecendo abraços de um pai”, escreveu ele.

Leia também: Garotinha de 2 anos tem reação adorável ao ver uma Drag Queen pela primeira vez

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Pensem em o quão profunda é a sua dor. Tentem imaginar o quão profundas essas cicatrizes devem ser.”

Mas não parou por aí. Scott disse que recebeu mais de mil mensagens. Algumas de filhos que foram rejeitados pelos pais, outras dos próprios pais em busca de orientação.

“E se por acaso alguém conhecer essas pessoas, por favor, avise-as que elas podem vir até a mim a qualquer momento que precisarem de um pai substituto para conversar. Eu estarei lá.”

Fonte: Buzz Feed News/Fotos: Reprodução/Facebook @Pride LGBT

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O pianista cego que aprende e toca sinfonias complexas apenas ouvindo-as

Nobuyuki Tsujii nasceu cego, mas dotado de grande um talento para a música. Aos dois anos, ele começou a tocar Jingle Bells em um piano...

Após 25 anos, a cabeleireira Cleusa finalmente consegue o divórcio

Na manhã desta segunda-feira (20), Denilson Florêncio, ex-marido de Cleusa Cruz, 51, chegou ao cartório da Taquara, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, para...

Peixinho ganha “cadeira de rodas” e volta a nadar bem

Até parece enredo de filme, mas essa história é bem real e com final feliz! Um peixinho dourado não conseguia nadar reto, ele tinha uma...

5 atividades para diminuir sua ansiedade (e você pode fazer em casa)

A ansiedade é uma reação normal e inerente ao ser humano. Diante de situações como uma entrevista de emprego, na iminência de uma festa...

Após salvar os garotos e o técnico na Tailândia, médico chora a morte de seu pai

O último herói da Tailândia não merecia receber essa notícia.

Instagram

Homem oferece "Abraços de Pai Grátis" em Parada LGBT e emociona participantes 2