Estudante paranaense cria absorvente sustentável para mulheres em situação de rua

A estudante universitária Rafaella de Bona, 22 anos, desenvolveu um absorvente sustentável de baixo custo, feito de fibra de banana, para atender às necessidades básicas de mulheres em situação de rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cursando atualmente o terceiro ano de Design de Produto na Universidade Federal do Paraná (UFPR), a jovem conta que se inspirou no filme “Absorvendo o tabu”, curta-metragem documental vencedor do Oscar de 2019 e relatos da internet para criar o produto.

“Eu vi que tem problemas que só cabem a elas. É uma coisa que acontece com a gente todo mês e a gente não para pra pensar que as mulheres na rua passam por isso. É uma situação complicada. Quando as pessoas doam roupas, nunca doam absorventes”, afirma.

Jovem brasileira cria absorvente sustentável mulheres situação de rua
A estudante de design Rafaella de Bona.

O absorvente sustentável tem um design que lembra um rolo de papel higiênico.

Rafaella explica que o tamanho é definido pela própria mulher segundo o seu fluxo menstrual. “Uma das inspirações para a funcionalidade do projeto é de um vídeo que vi em que uma moradora de rua estava ensinando como ela faz para passar esses dias. Ela tinha um absorvente externo, ela rasgou, tirou a parte do plástico, enrolou o algodão e usou como absorvente interno. E daí que tirei a ideia para o projeto de que devia ser um absorvente interno”, conta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jovem brasileira cria absorvente sustentável mulheres situação de rua

Jovem brasileira cria absorvente sustentável mulheres situação de rua

A estudante conta que chegou a propor uma espécie de coletor menstrual, mas a ideia logo foi descartada pela falta de praticidade. “Elas não teriam onde higienizar nem descartar o sangue. Já sobre o absorvente externo, muitas delas não tem nem calcinha.”

Jovem brasileira cria absorvente sustentável mulheres situação de rua

Absorvente 100% sustentável

Após assistir o documentário, Rafaella teve a ideia de utilizar material sustentável. Ela descobriu que a fibra de banana é muito utilizada por mulheres para a fabricação de absorventes descartáveis na Índia. Apesar de também ter considerado usar fibras de coco ou bambu, ela escolheu a de banana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O produto ainda não possui um protótipo, mas a ideia da estudante de Design é de que eles possam ser amplamente distribuídos em postos de saúde.

Leia também:

“Se é uma coisa que a gente não tem escolha, é uma necessidade básica, quem tem que cuidar dessa necessidade básica é o governo. Se já distribui camisinha de graça, por que não absorvente?”, questiona a paranaense.

Jovem brasileira cria absorvente sustentável mulheres situação de rua

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jovem brasileira cria absorvente sustentável mulheres situação de rua

O absorvente sustentável foi idealizado como um trabalho de conclusão de curso de uma especialização em design. Os estudantes deveriam escolher um dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU, e Rafaella elegeu o número 1: combate à pobreza em todas as suas formas.

“Eu vi que tem um termo pra isso que é ” pobreza menstrual “, que é quando a pessoa não tem dinheiro para comprar absorvente, itens de higiene básico”, lembra. “E isso não se aplica só às moradoras de rua. Numa visão mais macro, se aplica às pessoas de baixa renda também, até presidiárias, que sofrem com isso. Achei interessante tirar esse tabu e levantar essa bandeira, porque é um direito nosso, não deveria ser um privilégio.”

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: O Globo/Fotos: Reprodução/Arquivo Pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,854SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Essa senhora não pôde ter filhos e sua amiga a presenteou com a coisa mais linda do mundo!

De surpresa, a amiga de Edenilde a convidou para participar do seu ultrassom e ouvir, pela primeira vez na sua vida, o coração de um bebê bater dentro da barriga da mãe.

Professor de escola pública empodera alunos através da fotografia

Como acabar com a visão superficial que alguns professores têm dos seus alunos? Foi a partir dessa pergunta que o professor de Filosofia Thiago...

No litoral de SP, quem recolher lixo da praia ganha aula grátis de stand up paddle

Na cidade de Santos, no litoral sul de São Paulo, recolher lixo da praia não faz bem, apenas, para o meio ambiente. Mas também para o corpo....

Carlsberg usa cola para eliminar anéis de plástico das embalagens

A novidade será testada inicialmente no Reino Unido.

Startup brasileira desenvolve aparelho que diagnostica coronavírus em 15 minutos

No momento em que o mundo inteiro está preocupado com o avanço do novo coronavírus, o Covid-19, os brasileiros seguem ajudando a desenvolver ferramentas...

Instagram

Estudante paranaense cria absorvente sustentável para mulheres em situação de rua 3