Ação distribui moletons para moradores em situação de rua e seus cães (SP)

Com a chegada da frente fria em São Paulo, os moradores em situação de rua, assim como os animais, são os mais prejudicados sofrendo as severas consequências devido às baixas temperaturas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A fim de ajudá-los, o Movimento Sou de Algodão se uniu à ONG Moradores de Ruas e seus Cães e distribui cerca de 800 moletons entre moradores e cães.

“Devido o isolamento social, as doações de itens de higiene, agasalhos, alimentos e rações diminuíram. Por isso, decidimos entrar nesse projeto e fazer as entregas de moletons de algodão, fibra que auxilia no aquecimento do corpo”, diz Milton Garbugio, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

Ação distribui moletons para moradores em situação de rua e seus cães (SP) 2
Foto: Divulgação

De acordo com o Movimento, o conceito da campanha de doação é ‘Eu Te Protejo’, e tem como objetivo ajudar e aquecer os moradores e seus fiéis companheiros que os acompanham por todos os cantos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ação distribui moletons para moradores em situação de rua e seus cães (SP) 3
Foto: Divulgação

Vaquinha para protetor de animais que sofre preconceito pela aparência comprar um carro para projeto. Clique aqui e contribua.

Ação distribui moletons para moradores em situação de rua e seus cães (SP) 4
Foto: Divulgação

Além disso, a ONG realizou atividades como banho, doação de ração e atendimento veterinário para os pets. Já seus donos ganharam alimentos, higiene pessoal e atendimento médico.

Ação distribui moletons para moradores em situação de rua e seus cães (SP) 5
Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto Moradores de Rua e seus Cães começou em 2012, quando o fotógrafo Edu Leporo, registrava a vida dos cães pelas ruas da capital paulista e, em 2015, resolveu transformar em um projeto social, e hoje oferece ações de auxílio para o homem e seu fiel companheiro.

“Já realizamos mais de 54 ações e atendemos em média cerca de 300 pessoas e 40 animais por edição. Ficamos muito felizes em poder contar com mais um parceiro do projeto e poder realizar essa doação incrível”, finaliza Leporo.

Conheça a história da Nanda e da Luiza (e veja a reação da Nanda ao ganhar um Notebook)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Agora é lei: Escolas públicas de Campo Grande deverão ter hortas educativas

O prefeito da cidade, Alcides Bernal, sancionou em dezembro a lei 5.769, que institui o “Programa Hortas Escolares”, nas escolas.

Uma mesa feita de papelão que se dobra e desmonta para você levar para qualquer lugar

Caso não saiba, ficar sentado o dia todo é ruim para você. Alguns especialistas comparam cadeiras com cigarros, hoje em dia, devido ao seu...

Professor usa a criatividade para aluna com deficiência dançar na apresentação da escola

Agostina encantou a todos com a alegria de estar realizando o sonho de ser bailarina por alguns minutos.

Pessoas do mundo todo estão deixando flores em mesquitas após atentado

Pessoas em todo o mundo tem prestado solidariedade com as comunidades muçulmanas após um ataque terrorista em duas mesquitas em Christchurch, Nova Zelândia, matar...

Instagram

Ação distribui moletons para moradores em situação de rua e seus cães (SP) 7