Ação faz personagens de desenho animado ligarem para crianças em tratamento de câncer

Enfrentar o câncer é uma batalha dura, difícil e cansativa, agora imaginem para uma criança, que não consegue entender muito bem o que está acontecendo com ela.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), em São Paulo (SP), que já publicamos algumas vezes aqui, em parceria com o Cartoon Network, fez uma ação sensacional onde recorreu aos personagens de desenhos animados para motivar as crianças internadas a darem continuidade ao tratamento.

Leia também: Campanha contra o câncer infantil deixa personagens de desenho carecas

Foram distribuídos telefones temáticos na sala de brinquedos do Graacc e, quando a criança atendia, ouvia mensagens diretamente de seu personagem favorito dos desenhos animados. Dez dubladores se propuseram a criar um callcenter especial para a ação, dando carinho e estimulando essas crianças a continuarem na luta contra a doença. A ação foi batizada de “Helpline de Desenhos” e contou com personagens como Lindinha, Florzinha e Docinho, das Meninas SuperpoderosasFinn e Jake de Hora da Aventura e o herói Ben 10. Assistam ao vídeo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

herois-graacc5a herois-graacc7a herois-graacc9a herois-graacc10a herois-graacc11a herois-graacc13a

via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ex-fuzileiro com depressão ganha cachorrinha de presente e vai às lágrimas

Um ex-fuzileiro naval diagnosticado com Transtorno de Estresse Pós-Traumático ganhou uma cachorrinha de presente para lhe fazer companhia e ajudá-lo a lidar com a depressão. Como...

No litoral paulista, o projeto Empresto Minhas Pernas entrega muito mais que solidariedade

A ideia principal do projeto não é apenas entregar algo, e sim trocar experiência juntos e permitir que a pessoa com deficiência se sinta parte de um todo assim como uma pessoa que não tem deficiência.

Depois de ter que trancar faculdade por duas vezes, ela cursou Psicologia aos 54 anos e o céu é o limite!

É maravilhoso quando os filhos reconhecem o esforço dos pais e os enxergam como verdadeiros heróis, né? Quem nos enviou esta história foi a...

Mulher surpreende o noivo no altar, andando pela primeira vez em anos

O casamento já é por si só cheio de emoções, mas uma noiva de Los Angeles, nos EUA, decidiu ir além para levar seu...

Youtube comemora Copa do Mundo e Mês do Orgulho LGBT com vídeo anti-homofobia

Para celebrar a Copa do Mundo e o Mês do Orgulho LGBT, o Youtube está homenageando com a campanha #ProudToPlay e #JogueComOrgulho os atletas LGBT, apoiadores e canais do...

Instagram

Ação faz personagens de desenho animado ligarem para crianças em tratamento de câncer 3