Menino usa wifi de açougue para estudar e internautas criam vaquinha para ajudá-lo

Clique e ouça:

O garoto Willian Vieira, 13 anos, usa o Wi-Fi de um açougue para estudar enquanto as aulas na escola estão suspensas por causa da pandemia. Ele mora em Hidrolândia, no interior de Goiás.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Willian não tem computador. Então, para comprar o celular, ele passou 6 meses catando latinha. Ele a avó vivem somente com a aposentadoria dela.

Criamos uma vaquinha na VOAA para Willian comprar um computador e investir nos seus estudos. Clique aqui e doe.

Conseguimos falar com Willian com a ajuda de sua professora Rosana Lima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estudante vendeu latinhas para comprar celular

De família humilde, Willian vendeu latinhas para comprar um celular.

menino carregando sacola latinha terra areia
Imagem: Primeiro Impacto/SBT

Sem internet em casa, pediu ao dono de um açougue para usar a conexão do estabelecimento.

Vaquinha para William investir nos seus estudos. Clique aqui e contribua.

“É um menino que é diferenciado”, afirma o dono do açougue

O açougueiro Marcos Paulo ficou sensibilizado com o empenho de Willian para estudar e não pensou duas vezes para liberar o Wi-Fi pro garoto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino estudando banco praça internet açougue
A “mesa de estudos” de William é o banco da praça. Imagem: Primeiro Impacto/SBT

A vontade de Willian é de estudar numa escola particular e, no futuro, ser um engenheiro, físico ou quem sabe jogador de futebol.

Vaquinha para William investir nos seus estudos. Clique aqui e contribua.

Willian mora com a avó numa casa humilde

Os pais de Willian são separados. Ele mora com a avó, a dona Hilda, 67 anos, que cuida de mais três netos e uma filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino estudando mesa
Os pais de William são separados. Ele mora a com a avó. Imagem: Primeiro Impacto/SBT

A família vive apenas da sua aposentadoria. Dona Hilda não tem condições de pagar internet e comprar um computador para o neto.

Empresa ofereceu internet de graça para Willian

Uma empresa ofereceu internet de graça para William, mas ele continua sem computador para estudar. A vaquinha é para ele comprar um computador e investir nos seus estudos.

William é o retrato de muitos estudantes do país, mas o desfecho de sua história pode ser diferente! Clique aqui e apoie a vaquinha.

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,060,352FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
18,721SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem com deficiência cria lindas caminhas para cães e gatos, mãe pede apoio, e ele vende tudo!

O garoto Elías tem uma deficiência, mas quem diz que ela o impede de fazer caminhas para cães e gatos que são a coisa...

Estudante que trabalhou como gari para pagar a faculdade é aprovado em direito em Harvard

“Uma carta aberta para o meu irmão mais velho”. Foi assim que o mais novo estudante de Direito em Harvard começou um post que...

Babá eletrônica flagra gatinho que fingia não gostar da bebê fazendo carinho e dormindo com ela

Sabe aquela história de que quando estamos sozinhos (ou assim pensamos...) temos atitudes diferentes das que temos quando sabemos que estamos sendo observados? Esta...

Estudante mexicana cria plástico de casca de laranja que se decompõe em 90 dias

A estudante mexicana Giselle Mendonza venceu um concurso nacional apresentando um bioplástico que ela criou da casca de laranja. Giselle disse que sua ideia surgiu...

Vovô de 91 anos pede ajuda para a sua loja de tecidos e recebe encomendas do país inteiro

Com a retomada do comércio em Guarulhos (SP), a Aon Tecidos ganhou um garoto propaganda para lá de especial: o Sr. Youssef. O comerciante...

Instagram

Menino usa wifi de açougue para estudar e internautas criam vaquinha para ajudá-lo 14