Menino usa wifi de açougue para estudar e internautas criam vaquinha para ajudá-lo

O garoto Willian Vieira, 13 anos, usa o Wi-Fi de um açougue para estudar enquanto as aulas na escola estão suspensas por causa da pandemia. Ele mora em Hidrolândia, no interior de Goiás.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Willian não tem computador. Então, para comprar o celular, ele passou 6 meses catando latinha. Ele a avó vivem somente com a aposentadoria dela.

Criamos uma vaquinha na VOAA para Willian comprar um computador e investir nos seus estudos. Clique aqui e doe.

Conseguimos falar com Willian com a ajuda de sua professora Rosana Lima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estudante vendeu latinhas para comprar celular

De família humilde, Willian vendeu latinhas para comprar um celular.

menino carregando sacola latinha terra areia
Imagem: Primeiro Impacto/SBT

Sem internet em casa, pediu ao dono de um açougue para usar a conexão do estabelecimento.

Vaquinha para William investir nos seus estudos. Clique aqui e contribua.

“É um menino que é diferenciado”, afirma o dono do açougue

O açougueiro Marcos Paulo ficou sensibilizado com o empenho de Willian para estudar e não pensou duas vezes para liberar o Wi-Fi pro garoto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino estudando banco praça internet açougue
A “mesa de estudos” de William é o banco da praça. Imagem: Primeiro Impacto/SBT

A vontade de Willian é de estudar numa escola particular e, no futuro, ser um engenheiro, físico ou quem sabe jogador de futebol.

Vaquinha para William investir nos seus estudos. Clique aqui e contribua.

Willian mora com a avó numa casa humilde

Os pais de Willian são separados. Ele mora com a avó, a dona Hilda, 67 anos, que cuida de mais três netos e uma filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino estudando mesa
Os pais de William são separados. Ele mora a com a avó. Imagem: Primeiro Impacto/SBT

A família vive apenas da sua aposentadoria. Dona Hilda não tem condições de pagar internet e comprar um computador para o neto.

Empresa ofereceu internet de graça para Willian

Uma empresa ofereceu internet de graça para William, mas ele continua sem computador para estudar. A vaquinha é para ele comprar um computador e investir nos seus estudos.

William é o retrato de muitos estudantes do país, mas o desfecho de sua história pode ser diferente! Clique aqui e apoie a vaquinha.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vídeo emocionante mostra momento em que enteada pede que padrasto a adote

Pausa para um vídeo que é puro amor e mais uma vez a comprovação de que pai não é quem faz, é quem cria...

Para levar adiante sua cultura, tribo indígena desenvolve game sobre sua própria história

A tribo Huni Kuin queria preservar e levar adiante sua cultura, sua história. Qual a melhor forma de fazer isso hoje em dia? Desenvolvendo um...

Poetas analfabetos do sertão viralizaram no YouTube e um deles ganhou até documentário!

"O poeta analfabeto" já foi exibido em festivais de cinco países, como Rússia, França, Índia e Bósnia, onde ganhou na categoria "melhor roteiro".

ONGs recolhem flores que iam para o lixo e transformam em arranjos para alegrar idosos em asilos

Quem nunca admirou as flores usadas para decorar uma festa? Tão lindas, mas geralmente descartadas rapidamente, sem nem ter chance de alegrarem por mais...

Primeira universidade sem professores e gratuita é inaugurada no Vale do Silício

Não existem professores, livros e nada é pago.

Instagram

Menino usa wifi de açougue para estudar e internautas criam vaquinha para ajudá-lo 2