Menino usa wifi de açougue para estudar e internautas criam vaquinha para ajudá-lo

O garoto Willian Vieira, 13 anos, usa o Wi-Fi de um açougue para estudar enquanto as aulas na escola estão suspensas por causa da pandemia. Ele mora em Hidrolândia, no interior de Goiás.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Willian não tem computador. Então, para comprar o celular, ele passou 6 meses catando latinha. Ele a avó vivem somente com a aposentadoria dela.

Criamos uma vaquinha na VOAA para Willian comprar um computador e investir nos seus estudos. Clique aqui e doe.

Conseguimos falar com Willian com a ajuda de sua professora Rosana Lima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estudante vendeu latinhas para comprar celular

De família humilde, Willian vendeu latinhas para comprar um celular.

menino carregando sacola latinha terra areia
Imagem: Primeiro Impacto/SBT

Sem internet em casa, pediu ao dono de um açougue para usar a conexão do estabelecimento.

Vaquinha para William investir nos seus estudos. Clique aqui e contribua.

“É um menino que é diferenciado”, afirma o dono do açougue

O açougueiro Marcos Paulo ficou sensibilizado com o empenho de Willian para estudar e não pensou duas vezes para liberar o Wi-Fi pro garoto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino estudando banco praça internet açougue
A “mesa de estudos” de William é o banco da praça. Imagem: Primeiro Impacto/SBT

A vontade de Willian é de estudar numa escola particular e, no futuro, ser um engenheiro, físico ou quem sabe jogador de futebol.

Vaquinha para William investir nos seus estudos. Clique aqui e contribua.

Willian mora com a avó numa casa humilde

Os pais de Willian são separados. Ele mora com a avó, a dona Hilda, 67 anos, que cuida de mais três netos e uma filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino estudando mesa
Os pais de William são separados. Ele mora a com a avó. Imagem: Primeiro Impacto/SBT

A família vive apenas da sua aposentadoria. Dona Hilda não tem condições de pagar internet e comprar um computador para o neto.

Empresa ofereceu internet de graça para Willian

Uma empresa ofereceu internet de graça para William, mas ele continua sem computador para estudar. A vaquinha é para ele comprar um computador e investir nos seus estudos.

William é o retrato de muitos estudantes do país, mas o desfecho de sua história pode ser diferente! Clique aqui e apoie a vaquinha.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,822,141SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal planta 2 milhões de árvores em área devastada para dar lar a 500 espécies ameaçadas

Após anos trabalhando como fotógrafo em Ruanda, em uma época traumática da história da nação africana, o brasileiro Sebastião Salgado voltou para casa, em Minas...

Hospital na Tailândia cria protetor facial para proteger bebês recém-nascidos

Um hospital infantil de Bangkok, na Tailândia, viralizou nas redes sociais neste fim de semana pela maneira como está cuidando dos bebês recém-nascidos da...

Contra desperdício, islandeses banem caixinhas de papelão para pastas de dente

Ao comprar uma pasta de dente, a primeira coisa que fazemos após abrir a embalagem é jogar a caixinha de papelão ou plástico no...

Vaquinha para menino que vende salgado para sustentar família arrecada 60 mil em 48 horas

Obrigado, todo o valor a mais arrecadado vai para garantir uma infância digna pro Nicolas, continuem contribuindo!

Cliente liga para banco para reclamar, mas é tão bem atendida, que elogia a atendente!

"Resolvi ligar no mesmo SAC e registrar um elogio para ela. Disse que ela foi solícita e disposta a resolver meu problema e que gostei muito do atendimento dela", relatou a cliente.

Instagram