No Acre, médico atende bebê com pneumonia dentro da água e foto viraliza: herói!

O estado do Acre enfrenta uma enchente histórica. Em meio ao caos instalado, um médico atendeu um bebê, que está com pneumonia, dentro da água, em Tarauacá, cidade que fica a 380 km de Rio Branco. A foto viralizou na web e o médico Rodrigo Damasceno já é tratado como um herói.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O socorro ao bebê não é uma única ação, pelo contrário. Rodrigo tem ido às ruas para atender a população da cidade, que ficou debaixo d’água. O rio ultrapassou a cota de transbordamento, alagando mais de 80% do município. O médico já foi prefeito de Tarauacá, diz que as enchentes são comuns na região, mas que nunca viu nada parecido com a situação atual.

Com a água acima da cintura, Rodrigo ouve os batimentos da criança com um estetoscópio, enquanto a mãe segura o filho dentro de uma canoa. A família mora em um dos primeiros bairros atingidos pela enchente, o Praia. 

médico mede batimentos cardíacos bebê dentro água enchente acre
Rodrigo mede os batimentos cardíacos de criança, segurada pela mãe dentro de uma canoa. Foto: Lucas Melo

“É a maior alagação que vivenciei no município e que está afetando mais as pessoas. Essa criança tem dois anos e está com pneumonia. Conseguimos remédios com uma farmácia local e saímos também distribuindo a medicação, porque não adianta dar só a receita se a família não tem condições de comprar”, contou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Médico visita famílias que não têm para aonde ir

Dr. Rodrigo lembra que a família da criança não saiu de casa. Mesmo com a água dentro da residência, a mãe tem medo de deixar o local e roubarem o local. Segundo ele, o momento é de ir nas casas oferecer ajuda, porque a maioria das pessoas está isolada nos bairros, impossibilitadas de sair para buscar atendimento. Para pior o cenário, muitas unidades de saúde estão inundadas.

“No lugar de estarem procurando os médicos, atendimentos, nós que temos que procurar, porque estão isoladas. Mais da metade dos postos de saúde está debaixo d’água , então, até para procurar os atendimentos é difícil, é algo que compromete o funcionamento básico de uma cidade”, diz.

carro submerso enchente rio acre
O rio, que leva o mesmo nome da cidade, atingiu a marca de 11 metros, dois acima da cota de transbordamento. Foto: Gleydison Meireles

Fome e surto de dengue

Indo de casa em casa, o médico descobriu que muitas famílias não tinham o que comer. O cenário é mesmo preocupante: além da enchente e da falta alimentos para as famílias afetadas, a cidade vive um surto de dengue.

“O povo está passando uma necessidade grande, acabou o auxílio emergencial, hoje fui em uma casa entregar sopa em que o pessoal não tinha tomado café e nem almoçado. Só iam comer a sopa. O que estamos tentando fazer é amenizar o sofrimento, levando uma sopa, atendimento, pão, para ver se consegue ajudar uma parte da população”, acrescentou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

famílias desabrigadas rua alada enchente acre
Famílias estão isoladas. Foto: Gleydison Meireles

Sentimento de impotência

Diante de tudo isso, o sentimento é de impotência. Médico há 14 anos, Rodrigo oferece o que pode – um atendimento, um remédio ou um prato de sopa – , mas sabe que a população precisa de muito mais. 

“Estamos em uma encruzilhada, o pouco que fazemos não vai resolver todos os problemas, mas fazemos nossa parte. Teve uma pessoa hoje, quando fomos distribuir a sopa, que falou: ‘doutor, a gente quer que a água baixe’. Falei que não podia ajudar dessa forma, mas com um atendimento e sopa podia”, lamenta.

É necessário mais apoio, mas comprometimento com o seu juramento de médico você tem de sobra, Rodrigo 👏

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

SOS ACRE

Reconhecemos o esforço do Rodrigo, mas precisamos ir além! Lançamos a vaquinha SOS Acre na VOAA para atender necessidades emergenciais das famílias atingidas pelas enchentes, que são: cesta básica, água mineral, material de limpeza e de higiene pessoal. Clique aqui e contribua.

Com o valor inicial arrecadado com a vaquinha (R$ 500 mil), serão comprados milhares de kits com os itens acima. Todo valor extra será para a compra de mais kits para que possamos atender ainda mais famílias. O Acre pede socorro. Vamos nessa!

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,123SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ONG transforma caixas de papelão em mochilas que ainda viram mesas pra ajudar estudantes indianos

O design pode mudar o mundo, para melhor. Basta usá-lo de forma orientada e estratégica. Conheçam uma iniciativa na Índia, onde a maioria das escolas...

Resgate de cachorrinha cega que vivia numa pilha de lixo vai aquecer seu coração

Mal sabia Fiona que sua vida de lixo, abandono e falta de amor estava prestes a acabar. Em mais um dia escondida em uma pilha...

Jovem aproveita Black Friday para alimentar desabrigados no Guarujá (SP)

"Sobrou um dinheiro este mês e decidi que seria a hora certa, porque os restaurantes estavam fazendo promoções na Black Friday", contou o porteiro Leonardo Souza Leite.

Filha vai às lágrimas em reencontro com mãe que combate coronavírus

Prepare os lencinhos para assistir esse reencontro emocionante entre mãe e filha. 😭❤️ Em um vídeo publicado pela página do Razões no Instagram, uma menina chora...

Gerard Piqué, da Espanha, salva passarinho de ser pisoteado na Copa do Mundo

Gerard Piqué salvou um passarinho de ser pisoteado durante a partida de sua seleção contra o Irã na Copa da Rússia.

Instagram