Acupunturista atende gratuitamente dependentes químicos em situação de rua (SP)

Clique e ouça:

A vontade de transformar vidas e um jaleco fazem com que há dois anos o acupunturista Ramon Oliveira, 27 anos, vá às ruas de São Paulo atender gratuitamente dependentes químicos, com o seu projeto Desintoxica SP.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O resultado desta incrível ação? Mais de 1.000 pessoas atendidas e mais de 80 voluntários se dedicando à reinserção dessas pessoas em situação de vulnerabilidade social! Para que ele consiga ajudar mais pessoas, lançamos a sua vaquinha na VOAA. Com o valor, o Ramon conseguirá garantir a compra de 10 macas e 60 mil agulhas. Clique aqui e contribua.

Ramon contou ao Razões que está na área há mais de oito anos e que por cinco estudou (e ainda estuda) sobre a eficácia da acupuntura no combate a dependência química de cigarro, álcool, crack e cocaína.

“Após uma série de acontecimentos na região de São Paulo, decidi estender o meu trabalho para pessoas em situação de rua. Trabalhei cinco anos dentro de hospitais e clínicas psiquiátricas, com foco em desintoxicação de drogas. Que infelizmente utilizavam a péssima lógica do ‘medicamento para dormir’”, explicou.

Acupunturista atende gratuitamente dependentes químicos em situação de rua (SP)
“Trabalhei longos cinco anos dentro de hospitais psiquiátricos de desintoxicação de drogas. Com a péssima lógica do ‘medicamento para dormir’.” Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele criou um ambulatório de acupuntura na região do centro de São Paulo. Foram realizados mais de 1.000 atendimentos.

Hoje o ambulatório é feito na Zona Norte, para tratamento de população de rua em condição de alta vulnerabilidade social. Com quadros moderados e severos de ansiedade e depressão.

“Os atendimentos ambulatoriais de acupuntura auxiliam no bem-estar psíquico e físico do usuário. Os pontos de Acupuntura: VC14 e R24 bilateral, auxiliam na perca da ansiedade e compulsões”, relatou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Acupunturista Ramon Reis⛩️ (@desintoxicasp) em


O objetivo do trabalho é criar um ambiente de atendimento multidisciplinar, onde nutricionistas, terapeutas enfermeiros, médicos, psicólogos, educadores físicos e assistentes sociais tenham conhecimento de Acupuntura e possam contribuir com a sua visão da área da medicina integrativa para um atendimento mais humano.

“Eu era compulsivo alimentar, comia besteiras todos os dias. Fui ao acupunturista e ele disse que eu iria abandonar o vício por comida. Após 5 sessões, percebi que eu havia reduzido drasticamente o consumo de comida. Fiquei curioso sobre a técnica e comecei a estudar sobre  medicina tradicional chinesa (MTC).”

Vamos ajudar o Desintoxica SP a mudar a vida de mais dependentes químicos? Clique aqui e contribua.

Projeto incrível gente!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

conteúdo original

 

 

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,072,127FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,187SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecidos dão vida nova a idoso que recebeu arroz com ração de cachorro para comer

A história de seu José Adan começou triste, mas terminou muito feliz. Ele é um senhor idoso que vive em situação de rua e...

Yaci e Yara, filhas de quilombolas, são capa da Marie Claire

Dona Maria Santana deve estar orgulhosa, afinal, suas duas filhas gêmeas, Yaci e Yara, estão conquistando o mundo da moda com sua beleza estonteante...

Em apenas 24h, vaquinha para menino que cuida sozinho da mãe doente arrecada mais de R$277 mil

Genteeee, que alegria! Em menos de 24h, batemos a meta da vaquinha para comprar uma casa para o menino José, 15 anos, a mãe...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Após vídeo viralizar, idoso recebe apoio de desconhecidos para salvar sua camisaria em SP

Apenas seis! Essa é a quantidade de camisas que o seu Odiney Pedroso, um senhorzinho prestes a completar 90 anos, vendeu desde o início...

Instagram

Acupunturista atende gratuitamente dependentes químicos em situação de rua (SP) 13