Adidas revela os primeiros produtos feitos com plástico retirado do oceano: tênis e camisas de futebol

Produtos feitos a partir de material reciclável não devem ser muito resistentes, não é mesmo? Errado. Mas e, no esporte, como o futebol, onde os atletas agarram a camisa uns dos outros o tempo todo? Será que uma camisa feita com plástico retirado do mar é suficientemente resistente? A resposta é sim.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dois dos maiores times do futebol mundial, Real Madrid e Bayern de Munique, nesta temporada, estão usando camisas feitas com plástico retirado do oceano. Elas garantem alta performance em um dos esportes de maior contato e competitividade.

adidas-interna

As camisetas foram desenvolvidas pela fornecedora de material esportivo dessas duas potências do esporte, adidas, em parceria com a Parley for the Oceans. O Bayern de Munique usou as camisas adidas x Parley na partida contra o TSS 1899 Hoffenheim, no último dia 5 de novembro. Já o Real Madrid usará na partida contra o Real Sport Gijón, no próximo dia 26.

+Adidas lança tênis feito apenas com lixo retirado do oceano

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O segundo produto da parceria é o tênis de corrida UltraBOOST Uncaged Parley. O design foi inspirado nas ondas do mar, trazendo uma malha feita com uma mistura de plásticos retirados do oceano (95%) e poliéster reciclado (5%). Os cadarços, a sola e o suporte do calcanhar também foram feitos com materiais reciclados.

adidas1

“Esses lançamentos representam um novo passo na jornada da adidas com a Parley for the Oceans. Nós não somente conseguimos criar um calçado de plástico do oceano reciclado, como também criamos a primeira camisa feita 100% com resíduos do oceano”, explica Eric Liedtke, membro do conselho executivo do adidas Group e responsável por Global Brands.

O executivo afirma que o objetivo da empresa e da Parley for the Oceans para 2017 é retirar cerca de 11 milhões de garrafas PET de áreas costeiras. Todo esse material será transformado em novos produtos de elite e alta performance.

“Agora não estamos pensando só em gerar conhecimento para o problema. Queremos colocar em ação e implementar estratégias que possam acabar com o ciclo de poluição de plástico para sempre”, afirma Cyrill Gutsch, fundador da Parley for the Oceans.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja o vídeo (em inglês):

Todas as imagens: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,121,804SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Enfermeiro que aceitou redução do salário para menos da metade é homenageado por Paula Fernandes, em show promovido pelo Mercado Livre

Enderson Ferreira sonhava ser dançarino, queria ser artista! Fez até faculdade de educação física para se dedicar ao sonho, mas quem disse que enfermeiro...

O que podemos aprender com o depoimento deste jovem que trabalha no McDonald´s

Falar mal do emprego do outro é fácil e simples. Não importa o seu cargo, todo trabalho é digno e merece ser respeitado. Mais...

“The Rock” surpreende jovem que o convidou para baile de formatura

Estudantes do colégio Stillwater Area High School, nos Estados Unidos, na última sexta-feira foram surpreendidos com uma mensagem especial de Dwayne Johnson, o ator...

Jovem que sofre bullying por deformidade no tórax recebe apoio de internautas

“O meu maior medo é perdê-lo”, desabafa Patrícia Souza, mãe de Renan, que nasceu com uma deformidade congênita da parede do tórax chamada pectus...

Pai solteiro que cresceu em abrigo adota 5 irmãos para evitar que fiquem separados, como ele foi na infância

O americano Robert Carter, de 29 anos, foi adotado quando tinha 12 anos e passou um período longe de seus irmãos, por isto, quando...

Instagram

Adidas revela os primeiros produtos feitos com plástico retirado do oceano: tênis e camisas de futebol 3