Apaixonada por ensinar, adolescente se dedica a alfabetizar crianças carentes de Uberaba (MG)

Tereza tem apenas 15 anos, mas já descobriu sua grande vocação: ensinar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A jovem se dedica a alfabetizar 5 crianças em idade escolar que vivem em situação de vulnerabilidade social em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Essa é a profissão que realmente gosto e exerço. Sou uma mini professora”, disse Tereza Guaritá em entrevista à TV Integração. Além da educação, a adolescente é apaixonada por artes.

adolescente alfabetiza crianças carentes uberaba

Por conta da pandemia de Covid e o consequente afastamento das crianças da escola, ela decidiu dar aulas para os alunos que apresentavam maior dificuldade e precisavam de apoio para continuar com a alfabetização durante o lockdown.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando ela veio, minha vida mudou”, contou o pequeno Arthur Silva, de apenas 9 anos, uma das cinco crianças auxiliadas por “Tetê”, como a professora é carinhosamente chamada.

adolescente alfabetiza crianças carentes uberaba

Tereza brinca que é como um ‘imã’ dos alunos, pois eles chegaram naturalmente, sem que ela precisasse sequer oferecer seus serviços. “Eu não escolhi minha profissão, a profissão que me escolheu”, contou.

Todas as aulas são preparadas de maneira personalizada, pensando em cada criança e seu grau de dificuldade na leitura e escrita. “Se eu vejo que o aluno não sabe ler, eu passo aulas de leitura. Se eu vejo que a dificuldade maior é matemática, o foco das atividades será na matemática e assim por diante”, explicou.

adolescente alfabetiza crianças carentes uberaba

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apoiada pela mãe, Beatriz Teixeira Guaritá, de 64 anos, Tetê vai para a casa dos alunos e, às vezes, passa horas por lá tirando as dúvidas dos pequenos. Ela conta que só percebeu a dimensão da sua iniciativa ao ver o desenvolvimento de cada criança.

adolescente alfabetiza crianças carentes uberaba

“Quando a primeira criança começou a evoluir, percebi o que eu estava fazendo. Eu senti uma sensação de que cada esforço meu valeu a pena, que eles estavam me ouvindo, me entendendo e dedicando aquele tempo para crescer junto comigo”, disse a futura professora.

Apesar de ensinar o conteúdo trazer um sentimento recompensador para Tereza, essa não é a parte que ela mais gosta, mas sim aprender.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apaixonada por ensinar, adolescente se dedica a alfabetizar crianças carentes de Uberaba (MG) 2

“O melhor de tudo não foi o que eles aprenderam comigo, mas sim, o que eu aprendi com eles. A gente sempre tem uma vaidade de ensinar algo a alguém, né? Mas na verdade o professor mais aprende do que ensina”, declarou.

Segundo Tetê, o dinheiro recolhido das aulas e parte do salário que ganha trabalhando em um banco é reinvestido em tintas, livros, telas e outros materiais para fazer arte.

Apaixonada por ensinar, adolescente se dedica a alfabetizar crianças carentes de Uberaba (MG) 3

E quando não está ensinando, ela gosta de pintar e tocar violão. Seus quadros são pintados sempre à mão, com os dedos, sem o auxílio do pincel. “A arte complementa a vida. Tem gente que usa a arte para fugir da vida e tem gente que encontra vida na arte”.

Apaixonada por ensinar, adolescente se dedica a alfabetizar crianças carentes de Uberaba (MG) 4

De toda forma, Tetê já sabe qual é o seu grande sonho.

“Quero é ser feliz e fazer com que outras pessoas também sejam e que também sintam interesse pela vida. Eu quero me formar em pedagogia e, se possível, ir para comunidades mais pobres, porque as crianças que mais precisam estão lá”, completou.

Veja também:

Fonte: TV Integração
Fotos: Reprodução / TV Integração

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filha ensina pai a tirar selfie sem imaginar que ele viraria uma sensação na internet

Quem vê as fotos com seus amiguinhos de quatro patas nem imagina que ele é um novato na arte das selfies.

Mãe gorila beija, amamenta e embala seu filhote que tinha acabado de nascer

Calaya é uma gorila que vive no Zoológico Nacional de Smithsonian, em Washington - Estados Unidos e, no último domingo teve Moke, um machinho...

Presidiárias de cadeia nos EUA doam cabelo para vítimas de câncer

Um grupo de mulheres condenadas a cumprir pena na prisão de segurança máxima de Mabel Bassett, em Oklahoma, Estados Unidos, mostrou que, mesmo presas,...

Greve dos caminhoneiros faz produtor doar 4 mil litros de leite

O produtor poderia simplesmente despejar a mercadoria, mas preferiu alimentar dezenas de famílias, em Lagoinha (SP).

Família decide se alimentar apenas com o que produz em casa e estão muito melhor de saúde

Juntos, pai e filha já perderam cerca de 85 quilos, tudo por conta da mudança radical na alimentação.

Instagram

Apaixonada por ensinar, adolescente se dedica a alfabetizar crianças carentes de Uberaba (MG) 5