Adolescente conserta celulares usados e doa a estudantes sem acesso a aulas remotas

Você já se perguntou se aquele celular que não usa mais pode ser útil para outra pessoa? Um jovem chileno de 17 anos se perguntou e, desde então, conserta celulares usados para doá-los a estudantes de baixa renda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tiberio Malaiu está em seu último ano no ensino médio, mas todas as suas energias estão concentradas no projeto Collecting Dust (“Coletando poeira”, em tradução livre).

Antes do projeto nascer, em janeiro deste ano, Tibério já tinha participado de oficinas para alunos sem acesso a tecnologias, como celular e internet. Ele sentia que precisava fazer algo a respeito e assim foi!

carcaças celulares
Foto: reprodução/Instagram @_collectingdust

“Percebi que havia uma grande carência tecnológica e que muitos não conseguiam se conectar, porque não tinham acesso à internet ou ao celular”, conta Tiberio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Atualmente, Tiberio conta com um grupo de oito pessoas, entre amigos e desconhecidos que se ofereceram para ajudar. “Tive muito apoio da minha família”, destaca Tiberio.

adolescente com diretora em escola fazendo positivo dedos
Foto: reprodução/Instagram @_collectingdust

Toda semana, chegam celulares para Tiberio e sua equipe consertarem. Sua única exigência é que os aparelhos consigam rodar aplicativos que os estudantes precisam para suas aulas, como o Google Classroom, Zoom, Google Meet, WhatsApp etc.

estudante frente escola caixa celulares doação
Foto: reprodução/Instagram @_collectingdust

Na primeira vez que realizou uma doação, o próprio Tiberio entrou em contato com uma escola que precisava daqueles aparelhos. Depois, os próprios diretores das escolas o procuraram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jovens consertando celulares usados doação estudantes baixa renda
Foto: reprodução/Instagram @_collectingdust

Inspiração

E caso você tenha se perguntado de onde vem o nome do projeto, Tiberio conta que muitos desses celulares estão engavetados, perdidos em algum lugar da casa e, literalmente, juntando poeira.

jovem doa celulares diretora escola estudantes baixa renda
Foto: reprodução/Instagram @_collectingdust

Seu objetivo é atingir o maior número de estudantes possível e o projeto não vai terminar, mesmo depois que a pandemia do novo coronavírus passar e as aulas presenciais retornarem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O mais importante é dar o seu apoio, sua ajuda e seu tempo”, conclui o garoto.

Além de ajudar esses estudantes, Tiberio contribui para diminuir a produção de lixo eletrônico, resolvendo dois problemas de uma só vez!

Que demais, Tiberio! 👏

Fonte: UPSOCL


Quer mais uma história inspiradora? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,807,432SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ambev seleciona 50 ONGs para programa de mentoria em gestão

O programa VOA está com inscrições abertas até 21/02; inscreva-se.

Pais viram contadores de histórias para incentivar o gosto pela leitura entre os filhos

Os pais têm a oportunidades de contar histórias na sala de aula do filho ou da filha.

Menino de 6 anos entra para o Guinness como o mais jovem programador do mundo

O indiano Arham Om Talsania, tem 6 anos e desde os 2 usa tablets. E essa familiaridade com a tecnologia o levou longe. Ele...

Família dos trigêmeos que perderam a mãe logo após o nascimento, tem a vida mudada com vaquinha do Razões

Mais um desfecho maravilhoso! 😭 Graças a vocês, conseguimos mudar a vida de mais uma família. Seu Cardoso, que perdeu a esposa pouco após o nascimento...

Em 2 meses de tratamento, cachorro extremamente doente tem recuperação espetacular

As fotos do processo de recuperação do animal são impressionantes. Em apenas dois meses, A ONG indiana Animal Aid Unlimited recuperou um cachorro cheio...

Instagram

Adolescente conserta celulares usados e doa a estudantes sem acesso a aulas remotas 1