A trajetória inspiradora do africano que saiu da extrema pobreza para se tornar médico em Harvard

A história de Desmond Jumban, de 27 anos, se tornou viral após um “antes e depois” publicado no Twitter.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele mostrou como saiu de Camarões, onde vivia na extrema pobreza, e se tornou estudante de medicina em Harvard. E é verdadeiramente inspirador!

Jovem se forma em Harvard
Foto: arquivo pessoal

Vaquinha para jovem morador de periferia continuar com seu projeto de dar aulas de reforço para crianças. Faça a sua contribuição!

Trajetória inspiradora

Desmond publicou seu “antes e depois” da vida no Twitter, em 11 de outubro. De lá pra cá o post tem tido um alcance cada dia maior.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele mostra duas fotos. Na primeira a casa bastante humilde, onde ele morou desde os cinco anos, em Yaoundé, Camarões. Na segunda imagem, seu crachá de médico pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Veja o post:

Desde que saiu do seu país com o propósito de se formar em medicina, Desmond só acumulou conquistas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje ele é consultor de Políticas de Saúde de uma ONG que cuida de pessoas com lábio leporino, chamada “Operação Sorriso”.

Desmond também se formou em ciências biológicas na Taylor University e tem um Mestrado em Saúde Global pela University of Notre Dame.

Jovem se forma em Harvard
Foto: arquivo pessoal

Além da sua formação, Desmond passou três anos trabalhando na Harvard Medical School no Programa de Cirurgia Global e Mudança Social. Ele foi assistente de pesquisa, analista de políticas de saúde e coordenador de projetos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma verdadeira inspiração, não é?

Jovem se forma em Harvard
Crachá de Jovem de Desmond, como médico em Harvard. Foto: arquivo pessoal

Viral

Depois da sua publicação no Twitter viralizar, Desmond recebeu centenas de comentários e elogios. Muita gente falou que ele era uma grande inspiração e exemplo para quem estava na dúvida sobre os seus sonhos.

Ele ficou bastante emocionado com todas as mensagens deixadas em seu perfil e fez questão de agradecer.

Este Tweet está incompleto sem reconhecer as pessoas que acreditaram em mim e que fizeram sacrifícios para que eu pudesse chegar onde estou. Minha mãe, meu pai, tias, tios, família, amigos, professores, professores universitários e até estranhos. Uma longa lista. Tenho a responsabilidade de informar isso”, escreveu na publicação.

Jovem se forma em Harvard
Foto: arquivo pessoal

Chegar a Harvard nunca foi meu sonho ou propósito. Eu nunca tinha ouvido falar em Harvard.”, contou Desmond.

Meu objetivo sempre foi encontrar o melhor caminho para adquirir habilidades e capacidades para melhorar os sistemas de saúde pra pessoas na África. Harvard acabou sendo uma rota para chegar lá”, concluiu.

Parabéns, Desmond!

Fonte: A Soma de Todos os Afetos

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








A trajetória inspiradora do africano que saiu da extrema pobreza para se tornar médico em Harvard 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,541SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garota de 10 anos vítima de bullying recebe linda mensagem de Hugh Jackman

É maravilhoso quando os artistas usam a sua influência para espalhar mensagens boas pelo mundo, como é o caso de Hugh Jackman. Na semana...

Pintora mirim vende quadros para pagar cirurgia que fará amigo cego voltar a enxergar

Por vezes, as crianças surpreendem os adultos na sua forma criativa e até prática de resolver problemas. É o caso de uma pintora mirim...

Crianças órfãs aprendem sobre a vida através da interação com cavalos

"Ao observar o comportamento do cavalo e interagindo com eles, as crianças descobrem semelhanças fundamentais para seu próprio comportamento e interação com os outros," explicam em seu site.

Instagram

A trajetória inspiradora do africano que saiu da extrema pobreza para se tornar médico em Harvard 3