Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento

O trabalho ágil e preventivo de uma agente da Defesa Civil foi fundamental para salvar dezenas de vidas momentos antes de um desmoronamento ocorrer no Morro da Forca, em Ouro Preto (MG).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A agente Paloma do Carmo Magalhães, 34 anos, previu a tragédia durante visita ao morro, na última quinta-feira (13). Sozinha, solicitou a evacuação das pessoas, dos 50 veículos próximos à região e fez o isolamento da área.

Pouco depois, toneladas de rochas e terra deslizaram sobre os imóveis históricos do bairro. Felizmente, os danos foram atenuados graças à agilidade de Paloma e dezenas de vidas, salvas.

Moradora de Mariana (MG), a profissional é formada em engenharia de Minas e atua na Defesa Civil de Ouro Preto há 3 anos. “A sensação é de gratidão e agradecimento a Deus por eu ter tido a proatividade de chegar lá e orientar a população”, comentou Paloma sobre a importância de ter identificado todos os sinais técnicos do desmoronamento.

Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com o jornal Estado de São Paulo, Paloma estava indo para o trabalho na viatura da Defesa Civil, na manhã de quinta-feira, quando foi abordada por um motorista de ônibus.

Ele disse que minutos antes havia ocorrido um pequeno deslizamento no morro. Paloma decidiu averiguar o local e, ao chegar lá, constatou o perigo iminente.

“Fiz uma análise visual da encosta e tinha uma fissura em formato de cunha e indícios de ruptura iminente. Imediatamente, isolei o local e em seguida meus colegas ajudaram a evacuar toda a área. Isolamos outros pontos e retiramos as pessoas que estavam em um hotel e comércios”, contou.

Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento

Poucos minutos depois do isolamento do perímetro, houve o desmoronamento, que destruiu um casarão do século XIX – o Solar Baeta Neves – e um galpão, ambos no centro histórico da cidade. Não houve feridos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Primeiro foi a mão de Deus, que colocou o motorista na minha frente, e foi esse anjo da guarda que me levou lá, e eu fui um instrumento que ajudou a salvar vidas, que é o nosso trabalho. Deitar no travesseiro e saber que pude ajudar é muito gratificante, não tem dinheiro algum que pague isso. Sou feliz em trabalhar aqui”, completou Paloma.

Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento 2

Duas vezes heroína

Uma semana antes do deslizamento no centro histórico, Paloma passou por outra situação de risco. No dia 7, ela impediu que uma família fosse soterrada após um outro deslizamento de terra, no bairro Santa Cruz, em Ouro Preto.

“Cheguei na Defesa Civil e fui direcionada para uma casa no bairro Santa Cruz. No local, constatei que havia problemas e solicitei que as pessoas deixassem a casa. Eles foram muito resistentes em sair do imóvel, mas saíram e, em torno de 20 minutos depois, a casa desabou”, contou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento 3

Em nota, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil mineira informara que a área do desabamento ocorrido na região central ainda oferece riscos e permanecerá isolada.

Fonte: TN Online
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento 5

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,464SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professores colocam gangorras na fronteira EUA-México e crianças dos dois lados brincam juntas

Crianças de dois países diferentes brincando em gangorras, cada uma sentada de um lado do muro, na fronteira entre Estados Unidos e México. Não...

Este homem deixou R$ 6,6 milhões de herança para os seus funcionários

O magnata italiano da indústria de produção de rolhas e rótulos para garrafas de vinho Piero Macchi deixou no seu testamento R$ 6,6 milhões...

Anthony Hopkins manda muito bem em desafio no TikTok com música do Drake; assista!

Durante a pandemia, está todo mundo inventando algo para fazer. Desafios de dança, música, exercícios em casa, leitura... E o ator Anthony Hopkins, de...

Eduardo Marinho fala sobre o que a razão não alcança

Eduardo Marinho conta sua história de vida nesse TEDx Da Luz, no qual ele fala sobre sociedade, pobreza, razão, intuição e o olhar ao...

Instagram

Agente da Defesa Civil evita tragédia em Ouro Preto (MG) ao evacuar pessoas antes de desmoronamento 6