Agricultores da Itália recuperam sabedoria milenar e vencem multinacionais

Agricultores da região da Sicília, na Itália, voltaram a cultivar grãos com métodos tradicionais, recuperando uma sabedoria ancestral que sempre alimentou a ilha e todo o país desde tempos remotos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Presidente de uma organização que reúne cerca de 70 agricultores, Giuseppe Li Rosi explica que eles não necessitam utilizar agrotóxicos e que dão tempo às espécies plantadas para que elas se desenvolvam com todo seu potencial.

Segundo ele, a rotação e associação de cultivos com esse método consegue superar o rendimento do sistema de monocultura de sementes transgênicas e fumigadas com agrotóxicos nocivos para a saúde e o meio ambiente.

Orgulhoso da sabedoria ancestral do seu povo, Giuseppe conta que é produtor de três variedades de trigo que o mercado havia esquecido. A iniciativa dos agricultores está recuperando a biodiversidade da Sicília e promovendo um renascimento da agricultura como parte da necessidade de prover alimentos saudáveis e nutritivos.

A retomada do crescimento econômico da região é outro motivo de entusiasmo porque cada vez mais pessoas estão voltando para o campo. Muitas multinacionais ainda pressionam os agricultores para que eles utilizem seus métodos. Mas a pressão é em vão, pois eles têm o conhecimento de milhares de anos para tirar o máximo de proveito das suas terras sem agredi-las.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As leis agrícolas do país favorecem os consórcios internacionais e prejudicam os pequenos agricultores e suas alternativas mais saudáveis e melhores economicamente. No entanto, eles são resistentes e farão de tudo para mudar essa realidade, mostrando que os métodos tradicionais deveriam ser regra, e não exceção.

Antonio Milici, neurologista e psiquiatra, lembra da importância de recuperar os grãos ancestrais para combater diversas doenças do nosso tempo causadas pelo consumo diário de alimentos contaminados com produtos químicos e de baixo valor nutricional.

Os agricultores sicilianos estão mostrando o caminho, dando um belo exemplo de que necessitam apenas recuperar a agricultura ancestral, sem agrotóxicos, sem modificar as condições climáticas de cultivo das sementes, deixando que os cultivos se adaptem ao solo e às condições climáticas locais, sabendo fazer o processo de rotação e associação para ter o melhor rendimento.

Com informações de Agricultures

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,845,820SeguidoresSeguir
24,881SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Quais cuidados ter com os pets no Carnaval?

A época mais divertida do ano finalmente chegou. Entre os que preferem ir para folia e pular nos bloquinhos de Carnaval, há também que...

Em vídeo emocionante, menino de 8 anos sonha ser poeta ‘como Bráulio Bessa’ para ajudar a família

O pequeno poeta mora no interior do Pará e mora com a avó que é cega numa casinha simples.

Desconhecidos ajudam taxista que morava há meses no carro e arrecadam R$100 mil em doações

O Sr. Jaime, de 59 anos, é motorista e há uns 5 meses passou a morar no próprio carro. É que com a pandemia...

Anos depois de largar a vida executiva, Flávia abre canal com dicas úteis para a casa

Uma das coisas que mais valorizo é a descomplicação da vida, não tem nada mais chato que pessoas (e empresas) que deixam nossa vida...

Pesquisadoras da Unicamp desenvolvem colírio que evita e trata a perda de visão em diabéticos

Uma dupla de pesquisadoras brasileiras desenvolveu um colírio que previne e combate a perda da visão entre os diabéticos, a chamada retinopatia diabética. "A grande vantagem...

Instagram

Agricultores da Itália recuperam sabedoria milenar e vencem multinacionais 4
1606825559