Agricultores da Itália recuperam sabedoria milenar e vencem multinacionais

Agricultores da região da Sicília, na Itália, voltaram a cultivar grãos com métodos tradicionais, recuperando uma sabedoria ancestral que sempre alimentou a ilha e todo o país desde tempos remotos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Presidente de uma organização que reúne cerca de 70 agricultores, Giuseppe Li Rosi explica que eles não necessitam utilizar agrotóxicos e que dão tempo às espécies plantadas para que elas se desenvolvam com todo seu potencial.

Segundo ele, a rotação e associação de cultivos com esse método consegue superar o rendimento do sistema de monocultura de sementes transgênicas e fumigadas com agrotóxicos nocivos para a saúde e o meio ambiente.

Orgulhoso da sabedoria ancestral do seu povo, Giuseppe conta que é produtor de três variedades de trigo que o mercado havia esquecido. A iniciativa dos agricultores está recuperando a biodiversidade da Sicília e promovendo um renascimento da agricultura como parte da necessidade de prover alimentos saudáveis e nutritivos.

A retomada do crescimento econômico da região é outro motivo de entusiasmo porque cada vez mais pessoas estão voltando para o campo. Muitas multinacionais ainda pressionam os agricultores para que eles utilizem seus métodos. Mas a pressão é em vão, pois eles têm o conhecimento de milhares de anos para tirar o máximo de proveito das suas terras sem agredi-las.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As leis agrícolas do país favorecem os consórcios internacionais e prejudicam os pequenos agricultores e suas alternativas mais saudáveis e melhores economicamente. No entanto, eles são resistentes e farão de tudo para mudar essa realidade, mostrando que os métodos tradicionais deveriam ser regra, e não exceção.

Antonio Milici, neurologista e psiquiatra, lembra da importância de recuperar os grãos ancestrais para combater diversas doenças do nosso tempo causadas pelo consumo diário de alimentos contaminados com produtos químicos e de baixo valor nutricional.

Os agricultores sicilianos estão mostrando o caminho, dando um belo exemplo de que necessitam apenas recuperar a agricultura ancestral, sem agrotóxicos, sem modificar as condições climáticas de cultivo das sementes, deixando que os cultivos se adaptem ao solo e às condições climáticas locais, sabendo fazer o processo de rotação e associação para ter o melhor rendimento.

Com informações de Agricultures

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,738SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto empodera moradores em situação de rua com oficinas de agroecologia

O projeto também oferece oficinas de fotografia, arte urbana, circo e música.

Mãe aos 17 e desacreditada, ela foi aprovada em 1º lugar em Geografia na UFS

“A maioria das pessoas dizia que eu tinha destruído o meu futuro.”

Estudante produz bolsas sustentáveis com sacos de ração e doa renda para a causa animal

O projeto 'Sustentacão' do carioca e estudante de serviço social Wallace “Pala-Pala” une sustentabilidade com a vontade de ajudar os animais de rua do Rio de Janeiro.

Mãe economiza, monta ‘ofurô’ para os trigêmeos com vasos de planta e eles adoram!

O 'ofurô' mais fofo de todos! A gente não precisa de muito para ser feliz na infância, e tá aí mais uma prova disso....

Estilista de rua que cobra R$ 1 por croqui e consegue visibilidade graças a um post no facebook

Tudo começou com um post no facebook, e a repercussão saiu do mundo virtual e foi para o real. Carlos não sabe escrever, mas usa...

Instagram

Agricultores da Itália recuperam sabedoria milenar e vencem multinacionais 3