Array

Air France realiza voo intercontinental com óleo de cozinha usado como combustível

O grupo aéreo Air France-KLM realizou no último dia 18 de maio seu primeiro voo intercontinental utilizando 16% de óleo de cozinha usado na mistura de combustível de sua aeronave. O Airbus A350 saiu de Paris (França) e levou sete horas para pousar na cidade de Montreal (Canadá), em voo-teste que evitou a emissão de 20 toneladas de dióxido de carbono.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa da Air France é uma parceria com o grupo ADP e a petrolífera Total, além da empresa aeronáutica francesa Airbus. O biocombustível foi tanto produzido quanto recolhido no próprio país. O óleo de cozinha refinado para avião não demanda qualquer adaptação para a utilização nas atuais aeronaves do mercado.

O uso deste novo biocombustível não afeta a segurança dos aviões, já que o SAF (Combustível Aeronáutico Sustentável, em tradução livre), atende as mesmas especificações que o querosene, amplamente difundindo na indústria aérea. A expectativa da Air France é inserir o o óleo de cozinha oficialmente em setembro, em voos comerciais de Paris para Amsterdã (Holanda).

“Por muitos anos o Grupo Air France-KLM se comprometeu a reduzir sua pegada ambiental. Junto com a renovação da nossa frota, combustível aéreo sustentável constitui nossa alavanca principal em médio prazo para reduzir nossa emissões de CO2 por passageiro/km pela metade até 2030”, contou o CEO do grupo, Benjamin Smith.

Air France Airbus A350
A expectativa da Air France é que outras empresas adotem o SAF. Foto: reprodução/Airbus

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ações governamentais podem acelerar implantação de biocombustíveis

A legislação francesa exige que a partir de 2022, pelo menos, 1% do combustível de todos os voos que decolem na França possuam algum tipo de SAF para maior proteção do meio ambiente. A porcentagem crescerá no decorrer dos anos para 2% a partir de 2025 e 5% em 2030 para o cumprimento do Acordo Verde Europeu.

Segundo o site Tecmundo, a Air France terá um gasto adicional de 4€ (R$ 26) por passageiro para a realização de seus voos com o biocombustível de óleo de cozinha. A expectativa é que outras empresas aéreas adotem os SAFs para que a indústria aérea permaneça competitiva.

Quer conhecer mais histórias inspiradoras? Dá o play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,575,137SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Dia de festa: a emoção de um cachorro quando ele descobre que está sendo adotado

O cão Benny, da raça pit bull, explodiu de alegria ao saber que seria adotado e deixaria o abrigo, nos Estados Unidos, onde passou...

“Saber educar é uma declaração diária de amor dos pais”

"O filho pensou, me olhou, olhou para os pais, para o segundo doce (ainda fechado) e me disse: tia por favor eu preciso do meu troco."

Série de fotos mágicas misturam dança e água

Mallory Morrison é um fotógrafo de Los Angeles, Califórnia. O artista começou como fotógrafo de dança e depois começou a evoluir seu estilo para imagens subaquáticas. O trabalho...

Mesmo em grupo de risco, padre leva comida a sem-teto durante pandemia de Covid-19 em SP

O padre Júlio Lancellotti, 71 anos, há décadas é conhecido pelas ações com moradores em situação de rua de São Paulo. E não seria...

Especialista em marketing digital disponibiliza equipe para vendedor de salgados desolado

Na quinta-feira passada (5), um tweet da estudante Natália dos Santos, 16 anos, pedindo uma força para o negócio de salgados do pai viralizou...

Instagram