Como uma aldeia do Xingu conseguiu evitar mortes pelo coronavírus?

Como uma aldeia teve zero morte pelo novo coronavírus? O povo Kuikuro, do Xingu (MT), se preparou e, hoje, todos os índios estão vacinados. Seis meses atrás, os Kuikuro montaram um hospital de campanha, fizeram isolamento social e contrataram enfermeiros e a médica Giulia Parise Balbao. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

enfermeiros hospital campana coronavírus tribo indígena xingu
Hospital de campanha montado na aldeia para tratar doentes. Foto: arquivo pessoal

Giulia trabalhava no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, pediu demissão e foi contratada pela Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu. Lá, vivem mais de 200 índios. Todos foram infectados pela Covid-19, porém, nenhum morreu devido à doença, incluindo os anciãos.

Lideranças indígenas mostraram que não havia risco

A comunidade confiou na vacina e todos receberam a primeira dose na última semana. As lideranças foram as primeiras a se vacinar para mostrar aos demais que não havia risco. O cacique Afukaká Kuikuro e o líder Yanamá puxaram a fila – inclusive, já receberam a segunda dose do imunizante.

Uma parceria com cientistas do coletivo Amazon Hopes, formado por antropólogos, arqueólogos e outros pesquisadores, também contribuiu para a vacinação da aldeia, informando sobre a doença.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

enfermeira vacina índio contra coronavírus
Um dos líderes que foram os primeiros a se vacinar e dar o exemplo. Foto: arquivo pessoal

Desafio maior

O maior desafio não foi convencer os índios a se vacinarem, mas mantê-los em isolamento. “A gente se acostumou a comprar algumas coisas na cidade e aí foi ficando difícil pra mim. Todo mundo estava querendo ir. Aí tive que juntar todo mundo para não sair”, contou o líder Yanamá.

Isso porque as pessoas costumam sair da aldeia para buscar alimentos, combustível e anzol para pescar. No fim, o senso de comunidade – tão necessário no enfrentamento à doença – prevaleceu sobre o descontentamento de alguns.

enfermeiro vacinando índio contra coronavírus
Foto: Arquivo pessoal

Vacina negada para médica

Após dezenas de pessoas serem infectadas com Covid-19, Giulia foi receber a dose da vacina, mas o governo negou. “Saí muito triste, muito decepcionada, com a vacina negada do Distrito. Fazia 6 meses que eu estava trabalhando e eu ia voltar pra casa e colocar a minha família em risco”. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os responsáveis pela vacinação voltaram atrás na decisão, mas àquela altura a médica já estava embarcando para casa.

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desistir nunca! Tutor escuta latidos e cachorro soterrado é resgatado vivo em Petrópolis

Depois de três dias soterrado sob os escombros da casa onde morava com o tutor, um cachorro foi resgatado por oficiais da Secretaria de...

Nadadora tem reação emocionante ao quebrar recorde mundial e é abraçada por adversárias

Em tempos de distanciamento social, um abraço se tornou um dos momentos mais emocionantes dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Na noite desta quinta-feira (29), a...

Após 1 ano da morte da esposa, tatuador lança livro contando sua linda história de amor para ajudar outras pessoas

Há exatos dois anos, a Voaa publicou a história de amor entre o tatuador Jimme França, 34 anos, e a sua esposa, Danielly Narew de...

Com reflexo rápido, guarda de trânsito salva estudante de atropelamento nos EUA [VIDEO]

Uma policial e guarda de trânsito de Maryland, na costa leste dos EUA, foi aclamada como uma heroína após salvar uma estudante de ser...

Taxista encontra boleto “enrolado” em dinheiro e vai à lotérica pagar a conta em MS

Lição de honestidade e empatia: o taxista Valdinei Souza Coelho, 35 anos, estava voltando de uma corrida (por aplicativo) quando entrou em uma via...

Instagram

Como uma aldeia do Xingu conseguiu evitar mortes pelo coronavírus? 1