Chef ensina moradores de favelas do Rio a criarem pratos aproveitando 100% dos alimentos

Perceber o desperdício de alimentos em feiras do Rio de Janeiro fez com que a cozinheira paraibana e ex-empregada doméstica, Regina Tchelly, começasse a criar em casa pratos com as cascas e sobras desses alimentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu ficava doida vendo tanto desperdício de hortaliças. Eu levava para a minha casa e criava os pratos”, contou a chef ao Razões.

Há 18 anos, quando deixou a sua terra natal, veio para o Rio de Janeiro e começou a trabalhar como empregada doméstica. Mas, o amor pela cozinha e pelo ciclo dos alimentos falou mais alto!

E, como uma verdadeira nordestina arretada, largou tudo e começou sozinha o projeto Favela Orgânica!

professores e alunos do projeto Favela Orgânica de reaproveitamento dos alimentos
“O objetivo é despertar em cada indivíduo a responsabilidade pela construção de um mundo melhor, mais justo e saudável”, disse Regina. Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto completou oito anos de transformação social nas comunidades da Babilônia e Chapéu Mangueira na Zona Sul do Rio de Janeiro, sendo o alimento (ele todinho, até o talo!) a sua principal ferramenta de trabalho.

“Eu queria fazer o bem para as pessoas da comunidade. Quando você tem fé e energia boa, você consegue”, contou.

Favela Orgânica: aproveitamento total dos alimentos

Com sede na comunidade da Babilônia no Rio de Janeiro, o projeto trabalha com os moradores o ciclo da vida do alimento. Eles aprendem a aproveitar integralmente os alimentos, a quebrar alguns preconceitos alimentares, a trocar os alimentos industrializados pelos saudáveis, além de montar hortas urbanas e usar tudo isso em casa ou como alternativas de renda!

chef Regina com os alunos da aula de reaproveitamento alimentar
“Nós acreditamos que todas e todos devem ter acesso à alimentação de qualidade e em quantidade suficiente”. Foto: Divulgação

“Na edição de 2018 passaram pelo nosso espaço cerca de 100 pessoas, entre crianças, jovens e adultos! Os conhecimentos do curso oferecem alternativa de renda para os moradores, empoderamento para as mulheres, além de ser uma atividade saudável e produtiva para as crianças e jovens no tempo em que não estão na escola”, informou a chef.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apoie!

O projeto cresceu e para atender mais pessoas, precisa da sua ajuda para custear professores, sede, gás e insumos.

Para contribuir com o projeto, é só clicar aqui. Com poucos dias para encerrar a campanha, eles precisam muito bater a meta para não perder todas as arrecadações que conseguiram até o momento.

alunos na aula de reaproveitamento alimentar da Favela Orgânica
Favela Orgânica: a alimentação como uma ferramenta de transformação social e conscientização dos indivíduos. Foto: Divulgação

Bora apoiar?!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

beija-flor

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,289,873SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Drag e cantora, Pabllo Vittar saiu na Billboard e agora o céu é o limite!

Aconteceu: o mundo está se tornando um local mais inclusivo. Esse fenômeno, relativamente recente, tem acontecido de forma bastante evidente na propaganda - tanto...

Com doação de IR, projeto apoia mais de 500 pessoas com deficiência em Curitiba (PR)

O prazo das declarações do Imposto de Renda 2019 acontecem até o dia 30 de abril e você já pensou em apoiar projetos de...

Condomínios não podem proibir moradores de criar animais em casa, decide STJ

Pela decisão do STJ, só pode haver proibição caso o animal represente risco à segurança, à higiene e à tranquilidade dos demais moradores do condomínio.

Pai faz pegadinha para dizer a seus filhos que ele ganhou milhões na loteria

Senhor Poul Hjortbøl começa o vídeo falando que saiu do seu emprego, mas ele fala também que outra coisa aconteceu, que ele ganhou um...

Portugueses ajudam mulheres sírias a gerarem renda familiar através do tricô

Trata-se de um projeto que reúne mulheres sírias para tricotar e gerar rendas para suas famílias a partir das vendas feitas em Portugal. Enquanto uns insistem em...

Instagram

Chef ensina moradores de favelas do Rio a criarem pratos aproveitando 100% dos alimentos 1