Alisa não, mãe! Fotógrafa cria projeto que valoriza os cachos das crianças

Segundo a fotógrafa Carolina Castro apenas quatro de 10 meninas de cabelo crespo e cacheado acham seu cabelo bonito e que as meninas são sete vezes mais propensas a amar a textura dos cabelos se as pessoas ao seu redor amarem também. Logo, ela pensou que a melhor forma de empoderá-las é o exemplo, deveria fazer algo para promover o bem-estar e aceitação. Assim nasceu o projeto Alisa não, mãe!  para valorizar a beleza natural.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

São fotos e depoimentos de famílias que já sofreram algum tipo de preconceito por causa de seus cabelos.

A própria Carolina é mãe de duas meninas, e quer que seu trabalho e essa troca seja um diálogo com outras mães sobre como lidar com situações de discriminação.

Já foram realizados dois ensaios e já tem várias outras meninas interessadas em participar do movimento.

Veja essas lindas, lindas, lindas fotos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

alisa_nao_mae

alisa_nao_mae1

alisa_nao_mae2

alisa_nao_mae4

alisa_nao_mae5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

alisa_nao_mae6

alisa_nao_mae7

alisa_nao_mae8

alisa_nao_mae9

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Catraca Livre

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Recorde: Quadro de Banksy é vendido por R$ 126 milhões para ajudar hospitais do Reino Unido

Este é o tipo de recorde que a gente noticia com gosto! O quadro Game Changer (Jogador Desafiante, em tradução livre), do artista de...

Animais resgatados de fazendas pecuaristas correm de alegria

A Edgar’s Mission e seus voluntários tentam resgatar animais que vivem em condições ruins e inadequadas todos os dias. Depois de soltos, eles cuidam para que...

Academia oferece ‘aulas de soneca’ no lugar de exercícios para quem quer descansar

São 15 minutos de alongamentos seguidos por 45 minutos de um cochilo delicioso.

Herói muçulmano lutou contra atirador na Nova Zelândia e chegou a tomar sua arma

De acordo com o relato de um jovem que testemunhou a ação, Abdul conseguiu tirar a arma da mão do atirador e perseguiu ele o quanto pôde para fora da mesquita.

Jovem oferece aulas de espanhol para arrecadar dinheiro e ajudar amiga endividada com agiota

Aquela amizade que a gente não precisa de mais prova nenhuma para saber que é verdadeira!

Instagram