Alunas irmãs doam seus cabelos e emocionam diretora em tratamento de quimioterapia

Nós mulheres sabemos como nossos cabelos são simbólicos em relação à nossa feminilidade e também em relação à nossa própria força. No entanto, o que é isto quando comparado ao amor?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

3 alunas irmãs e mais uma prima da escola Pré-escolar Dente de Leite, em Garuva, Santa Catarina, decidiram doar seus cabelos à querida diretora Denise Romanzini da Silva, que está passando por um tratamento de quimioterapia.

alunas doam cabelo 4
Foto: Denise Romanzini da Silva

Prova de respeito e admiração pela diretora, as meninas Eloísa Henz, de 6 anos; Camila Henz, de 8; Ana Júlia Henz, de 11, e a prima Pietra Henz de 8, mostraram o real significado da palavra empatia! 😍

Querida pelos alunos da escola, a preocupação das garotas começou quando a diretora precisou se ausentar por algumas semanas. No retorno, porém, os cabelos raspados denunciaram do que se tratava aquela ausência. Foi então que as meninas, todas de cabelos longos, decidiram cortá-los. Afinal, cabelo cresce, não é mesmo?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

alunas doam cabelo 2
Foto: Simone Henz

“A professora teve câncer, mas já está curada”, disseram os alunos da escola.

A descoberta do câncer

Denise descobriu que tinha um nódulo na mama direita durante uma terapia de Reiki. Ao fazer o exame, a confirmação, e após uma semana, uma cirurgia foi necessária para retirá-lo e assim diminuir o risco de metástase.

Após a cirurgia, os exames constataram que ela estava livre do câncer e que ele não havia risco de voltar, mas que mesmo assim ela deveria fazer o tratamento com quimioterapia e, após, com a radioterapia. “De primeiro momento, levei um susto quando descobri que ia perder os cabelos, mas, no minuto seguinte, já concordava com a ideia”, disse.

Fases do cabelo da diretora com cancer Denise Romanzini da Silva.
Foto: Denise Romanzini da Silva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O tratamento foi feito no Hospital São José, em Joinville, onde Denise descobriu uma campanha de arrecadação de cabelos para confeccionar perucas às mulheres em tratamento. “Iniciei uma campanha de arrecadação de cabelo pela internet. Não queria para mim, minha careca era o reflexo de minha luta particular, mas, sentia que era preciso fazer pelas demais”, afirma a diretora.

A campanha

Não foi preciso muito tempo para que a campanha chegasse aos ouvidos de suas ex-alunas. O mais incrível é que, um ano antes, Pietra – que na época tinha apenas 7 anos, dediciu cortar seus cabelos para doá-los junto de alguns brinquedos. No entanto, como na época não encontrou ninguém para fazer a doação, sua mãe Elizandra guardou a mecha em um porta jóias.

alunas doam cabelo 3
Foto: Elizandra Silva Batista, mãe de Pietra

A vida mostrou qual caminho seus cabelos deveriam seguir e, ao saber da campanha de Denise, Pietra soube para quem gostaria de doar seus cabelos. “Foi uma alegria imensa quando a Pietra descobriu que poderia ajudar a Denise”, conta Elizandra.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

alunas doam cabelo 5
Foto: Denise Romanzini da Silva

Em seguida, suas 3 primas souberam da campanha e decidiram que também gostariam de participar. Assim, no dia de entregar as mechas de cabelo as 3 irmãs e a prima apareceram de supresa na casa de Denise, que reparou, logo que saíram do carro, que suas alunas estavam de cabelinhos curtos. “Me emocionei com a atitude das minhas aluninhas, eu sabia o quanto elas amavam seus cabelos“, afirma emocionada.

alunas doam cabelo 6
Foto: Denise Romanzini da Silva

Até agora 34 mechas de cabelo já foram doadas por meninas e mulheres. “Até os meninos estão me procurando para doarem também”, revela. E engana-se quem pensa que a generosidade das meninas acaba por aí. Daqui para frente, elas pretendem deixar o cabelo crescer para doá-los quantas vezes for preciso! 🥰

Fonte: Folha Norte SC

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,565,291SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pessoas que fazem, brasileiros na Gringa e Gente que Causa: Obviedades

Existem coisas que são tão óbvias que você precisa falar, pra ligar a luzinha na cabeça da pessoa e ela cair na real! Kkk...

A brasileira que está ajudando crianças carentes de Moçambique após conhecer o país

A viagem ao país africano transformou para sempre a vida da brasileira Beatriz. Antes de viajar, ela estava apreensiva com a realidade de pobreza...

A adorável reação de um garoto ao conhecer um casal gay

Em uma semana em que infelizmente ainda vemos agressões gratuitas a homossexuais, acalenta um pouco saber que a nova geração está vindo muito mais...

Fã assiste à versão inacabada do novo Star Trek antes de morrer

Sofrendo de um câncer terminal, o fã de Jornada nas Estrelas Daniel Craft  tinha um último desejo: assistir a Além da Escuridão: Star Trek, novo filme da saga dirigido...

Hospital humaniza tratamento de bebês prematuros ao instalar redes

Em um linda iniciativa, o Hospital Cassiano Antonio Moraes, de Vitória (ES), colocou redes de balanço nas incubadoras na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal. As redes comprovadamente acalmam...

Instagram