Alunos dão rosas para funcionária que sofreu ofensas racistas

É impressionante que em pleno século 21 existem pessoas que cometem ofensas racistas e se sentem bem com isso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além de crime, o racismo fere profundamente a dignidade da pessoa. Muitas vezes, a vítima se recolhe e até tem medo de denunciar o racismo, sentindo-se culpada pelas ofensas recebidas.

Leia também:

[VÍDEO] Gari dá verdadeira aula de história para explicar racismo no Brasil

Professora aposentada emociona plateia da FLIP ao contar sobre sua luta contra o racismo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imaginamos que algo parecido ao que acabamos de descrever passou pela cabeça da funcionária de uma universidade que foi alvo de ofensas racistas. Alguns estudantes imitaram gritos de macaco, gratuitamente, para ofendê-la – e conseguiram. 😥

Cabe às pessoas que amam a vítima acolhê-la e dizer com todas as letras que são os outros que estão errados, independentemente da posição social que ocupam. Foi exatamente o que fizeram os estudantes que deram rosas para a funcionária da universidade. 🌹🌹🌹🌹🌹

A funcionária foi às lágrimas com a mensagem de acolhimento que as rosas simbolizavam. A voz embargada mostra que a emoção que estava sentido era forte demais para expressar as primeiras palavras de gratidão

“Você é muito amada!”, diziam os estudantes enquanto as lágrimas corriam pelo rosto da funcionária antes dela finalmente conseguir agradecer: “Obrigada!”.

Assista ao vídeo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito das imagens: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem recebe gentileza de estranha e decide agradecer repetindo o gesto

A gentileza faz o ser humano repensar seu lugar no mundo e concluir que ‘estamos todos no mesmo barco’.

Mastercard bate meta e doa o equivalente a 3,4 milhões de refeições a comunidades carentes

A Mastercard bateu a meta do movimento Faça parte: comece com o que não tem preço dois meses após seu lançamento. Mais de 3,4...

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Miss Tailândia se ajoelha em frente à mãe catadora como sinal de respeito e gratidão

A imagem que mostra a jovem Khanittha Phasaeng, 17 anos, vencedora do Miss Uncesored News Tailândia 2015, ajoelhada em frente a sua mãe, uma...

13 Reasons Why, da Netflix, faz disparar pedidos de ajuda contra suicídio no Brasil

Após a estreia da série, o Centro de Valorização da Vida (CVV) percebeu um aumento de 445% no número de e-mails com pedidos de ajuda.

Instagram