Alunos dão rosas para funcionária que sofreu ofensas racistas

É impressionante que em pleno século 21 existem pessoas que cometem ofensas racistas e se sentem bem com isso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além de crime, o racismo fere profundamente a dignidade da pessoa. Muitas vezes, a vítima se recolhe e até tem medo de denunciar o racismo, sentindo-se culpada pelas ofensas recebidas.

Leia também:

[VÍDEO] Gari dá verdadeira aula de história para explicar racismo no Brasil

Professora aposentada emociona plateia da FLIP ao contar sobre sua luta contra o racismo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imaginamos que algo parecido ao que acabamos de descrever passou pela cabeça da funcionária de uma universidade que foi alvo de ofensas racistas. Alguns estudantes imitaram gritos de macaco, gratuitamente, para ofendê-la – e conseguiram. 😥

Cabe às pessoas que amam a vítima acolhê-la e dizer com todas as letras que são os outros que estão errados, independentemente da posição social que ocupam. Foi exatamente o que fizeram os estudantes que deram rosas para a funcionária da universidade. 🌹🌹🌹🌹🌹

A funcionária foi às lágrimas com a mensagem de acolhimento que as rosas simbolizavam. A voz embargada mostra que a emoção que estava sentido era forte demais para expressar as primeiras palavras de gratidão

“Você é muito amada!”, diziam os estudantes enquanto as lágrimas corriam pelo rosto da funcionária antes dela finalmente conseguir agradecer: “Obrigada!”.

Assista ao vídeo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito das imagens: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,095,116FãsCurtir
2,692,340SeguidoresSeguir
22,481SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe cuida de filho dia e noite – após 12 anos, ele acorda de coma profundo

Ah, o amor de mãe... Amor genuíno, incondicional e perseverante. Será que existe algo mais poderoso do que isso? A chinesa Wei Mingyin, 75 anos,...

Carpinteiro encontra R$ 2 mil e passa 20 dias procurando o dono no PI

José Erisvaldo encontrou o dinheiro e um cartão com poucas informações.

Feira de acessibilidade promove adoção de pets com deficiência em São Paulo

Evento, que acontece dias 15, 16 e 17 de setembro no Campo de Marte, recebe projeto Adote Um Pet Com Deficiência, da ONG APASFA

Estudante de medicina à beira da morte descobre cura para a própria doença

Acamado, David Fajgenbaum examinou ponto a ponto seus prontuários e descobriu algo que havia passado despercebido pelos médicos.

Menino chora ao se despedir de peixinho de estimação falecido e emociona internautas

Se despedir de um bichinho de estimação é algo muito difícil, quando você é criança então, tudo fica ainda mais difícil, pois ainda não...

Instagram

Alunos dão rosas para funcionária que sofreu ofensas racistas 1