Estudantes de SP criam app que alerta e ajuda a prevenir a propagação do Coronavírus

Os alunos da escola técnica de informática do Senac São Paulo, unidade Lapa Tito, desenvolveram um aplicativo capaz de monitorar os horários de pico de lugares públicos e alertar aos usuários se alguém contaminado pelo novo coronavírus esteve no local. O app foi premiado com o segundo lugar na competição internacional Made to Move Communities (Feito Para Mover Comunidades, em tradução livre), no qual o Senac São Paulo foi a única representante sul-americana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O aplicativo usa uma série de dados estatísticos para determinar se pessoas infectadas estiveram nestes locais públicos. Com estas informações, o usuário do app pode evitar passar por estes lugares ou até descobrir se é um possível transmissor do novo coronavírus.

Um dos jovens que desenvolveram o app, Otávio Lemes Rodrigues contou ao site ABC do ABC que ser premiado em uma competição internacional o impulsiona a ajudar a mudar o mundo. Para ele, é um choque participar de algo tão grandioso ainda adolescente.

“O sentimento de saber que eu participei da construção de um projeto, que o intuito era ajudar a nossa sociedade e ele foi reconhecido mundialmente é muito gratificante. Isso me inspira a ser melhor e fazer acontecer, mesmo eu sendo apenas um simples adolescente.”

Mapa com alunos participantes de desafio Otis
Brasileiros concorreram com outras escolas da América do Norte. Foto: reprodução/Otis

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Escola incentiva participação de alunos em projetos

O coordenador do ensino médio técnico do Senac da unidade de Lapa Tito, Dom Magri, explicou que os alunos do colégio são protagonistas no processo de ensino. A ideia da escola é unir conhecimentos multidisciplinares em todos os projetos acadêmicos.

“Sempre vamos convidar os alunos a produzirem projetos que integram ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática. Se for na área de Ciências da Natureza envolvendo os saberes da termodinâmica, por exemplo, o professor irá propor que o aluno desenvolva algum projeto que possa ser realizado no computador, crie um APP, construa algo que envolva arte, sempre integrando as outras áreas do conhecimento.”

Com o incentivo e direcionamento correto, estes alunos do ensino médio desenvolveram uma ferramenta que pode ser vital para o dia a dia dos brasileiros durante a pandemia. Boas ideias podem surgir de todos os lugares, até mesmo das escolas dos nossos bairros! 👏

Quer conhecer mais histórias inspiradoras? Dá o play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,913,523SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Cada Uma”: projeto valoriza a diversidade e autoestima feminina, sem retoques

Cada Uma é o nome do projeto dos fotógrafos Felipe Mariano e Jessica Chamma que está valorizando a diversidade e autoestima feminina. Além de ensaios...

Fazendeiro e seu filho criam robôs gigantes a partir de sucata e ficam conhecidos no mundo

Um pai e seu filho começaram a criar enormes esculturas recicladas no sudeste da China. Com uso de peças de carros de ferros-velhos, eles criaram seus próprios Transformers que,...

Hora de comemorar! Após 19 anos tentando engravidar, nigeriana dá à luz gêmeos

Após 19 anos tentando ter filhos, um casal de Rukpokwu, na Nigéria, ficaram "grávidos" de gêmeos em uma gestação considerada de risco e que...

Menino de 10 anos dá uma aula de cidadania contra o racismo

Gustavo Gomes Silva dos Santos é aluno do CEU Vila Curuçá em São Paulo. A equipe da Rede TVT o conheceu durante as atividades...

Danilo Gentili surpreende menino humilhado por vender bombons com ligação e presente

Gente, a família do Luizinho, menino que vende bombons, foi surpreendida por uma chamada de vídeo do comediante Danilo Gentili, que fez questão de...

Instagram

Estudantes de SP criam app que alerta e ajuda a prevenir a propagação do Coronavírus 2