Americana adota cachorra de 17 anos prestes a morrer para que ela tivesse uma noite de amor e carinho

Se adotar um animal abandonado já é um ato de amor, quando o bichinho já está velhinho, então é amor em dose dupla! Só quem teve ou quem tem um animal, sabe a dor que é quando o perdemos, então adotar um animal que não tem mais muito tempo de vida é definitivamente um ato de uma generosidade imensa!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Heather Hayes é uma americana que vive na Carolina do Norte – nos Estados Unidos, e frequentemente passava em frente a um canil de animais abandonados. Mas em um desses dias ela resolveu entrar e foi quando ela se deparou com uma cadela bem velhinha, uma Chihuahua de 17 anos, que tremia e estava com um olhar triste e desesperado.

A americana não aguentou e a levou pra casa achando que ela teria nada mais nada menos do que 24 horas de vida, porque aparentava estar realmente muito doente. Mas o amor que ela deu foi tanto que a cadela foi melhorando cada vez mais e está com ela até hoje!

Hoje, ela chama Jay-Z e mora com mais alguns irmãos, outros cachorros que Heather também adotou. Ela, foi a primeira cachorrinha sénior que Heather adotou, mas depois mais 4 velhinhos chegaram para acompanhar a nova vida de Jay-Z! Essa história não é demais?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de HiperFM

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,513,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

140 voluntários promovem corrida para garoto que perdeu a visão

Cerca de 140 voluntários promoveram uma corrida especial para Natanael, em que todos usaram vendas.

Veja o surfista profissional que usa sua experiência única para ajudar crianças autistas

Foi num dia de verão em 1969, quando Israel "Izzy" Paskowitz se apaixonou pelo surf. Ele tinha seis anos quando seu pai, o lendário...

Homem oferece “Abraços de Pai Grátis” em Parada LGBT e emociona participantes

O professor Scott Dittman, 44 anos, diz que não é necessariamente um aliado da causa LGBT, mas que se tornou amigo e confidente de...

Espanhol vence preconceito no nado sincronizado e participa do Mundial

Há 12 anos o espanhol Pau Ribes se dedica ao nado sincronizado, mas, além de nunca poder ter participado de uma competição oficial, ele viveu anos de...

Instagram