Como meta de vida, americana decide doar 1 milhão de livros para estudantes de sua pequena cidade

A americana Jennifer Williams estabeleceu uma meta de vida: doar 1 milhão de livros para os jovens de Danville, no estado da Virginia (EUA). A população da pequena cidade estadunidense de 42 mil habitantes já recebeu 63 mil livros das mãos de Williams desde 2017.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Grande parte das obras foram doadas aos estudantes da cidade. Segundo a benfeitora, em entrevista à CNN americana, a leitura incentiva a criatividade e o conhecimento.

“[Ler] pode te levar a qualquer lugar. Você pode viajar no tempo e no espaço. Se você pode ler, você pode aprender qualquer coisa”, afirmou Williams, que deseja que todos os habitantes de Danville tenham acesso aos seus livros doados.

A ideia de doá-los surgiu após alguns estudantes que passavam por sua tutoria pedirem para ficar com os exemplares para ler em casa. Como Williams possuía poucas cópias, precisou dizer não às crianças.

Jennifer Williams doa livros aos jovens de Danville
Jennifer Williams doou 63 mil livros em quatro anos, mas seu objetivo é chegar a 1 milhão. Foto: reprodução/site CNN

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após este tipo de situação se repetir diversas vezes, William decidiu doar 300 livros para três projetos nos quais ela dava monitoria. Segundo a CNN americana, a Book Lady (Senhora dos Livros, em tradução livre) – como é apelidada em Danville -, contou também com ajuda de vizinhos e de fieis que frequentam a igreja que ela vai.

Leia também: Ela tem apenas 12 anos e já leu 234 livros

Apesar de 300 livros serem o suficiente para alguns, Williams achou sua doação pouca. “Meu marido estava: ‘Nossa, parabéns’. E eu estava: ‘Bom, qualquer um pode fazer isso. Eu quero dar 1 milhão de livros'”, contou Book Lady.

O valor da leitura

Williams declarou que livros sempre foram importantes em sua vida. Sua mãe, que era bibliotecária, lia para ela e seus irmãos não só durante a infância, mas até eles entrarem na universidade.

Seguindo esta ideia de tornar a leitura comum entre os jovens da cidade, todo ano Williams doa, pelo menos, um livro para cada aluno da escola de ensino fundamental de Danville.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cadeia de solidariedade se tornou tão grande na cidade, que a Book Lady sempre encontra livros deixados na porta de sua casa. Nesta corrente, Williams distribui alguns exemplares em locais públicos, como lavanderias e parques.

Como se a doação de 63 mil livros em quatro anos não fosse suficiente, Williams ainda dá aula de escrita criativa e comanda um clube do livro na cadeia de Danville. A Book Lady é ou não é um exemplo de cidadã?!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Rússia doa terrenos para quem quer trabalhar no campo

Recentemente, o governo russo assinou um decreto que concede até 2,5 acres de terra a qualquer cidadão que esteja disposto a transformar a área...

14 lições que devemos aprender com o casal mais duradouro do mundo

Zelmyra e Herbert Fisher quebraram o recorde mundial do Guinness pelo o casamento mais duradouro. Eles se casaram no dia 13 de maio de 1924 e...

Inovar também é uma das razões para acreditar em um mundo melhor

A inovação é a bola da vez. Todas as empresas querem saber como alcançá-la, elevando a inovação a um patamar que as vezes não...

A cada cálice vendido, Stella Artois garante 5 anos de água potável para uma pessoa

A iniciativa beneficiará comunidades no Brasil que sofrem com a escassez de água potável.

Estudantes dão celular para colega com dificuldades financeiras

Ele era o único da turma que não tinha um celular e por isso acabava se sentindo deslocado.

Instagram