Amigos resgatam “gatinho” perdido na neve e descobrem que animal é raro

Ele parece mesmo um gatinho e é, mas não o gatinho que dois amigos imaginavam que fosse. Mas sim um felino ameaçado de extinção. Estima-se que existam entre 100 e 300 exemplares da sua espécie na natureza. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Petrer MacNab, um amigo e seu filho pequeno estavam caminhando em um parque na Escócia quando avistaram um grupo de ovelhas rodeando algo no chão. Ao se aproximarem, viram um pequeno gatinho.

O pobrezinho não conseguia ficar de pé, estava congelando, literalmente. Os amigos decidiram levar o filhote, pois ele não resistiria muito tempo se ficasse ali sozinho.

Foto: SWNS

O amigo de Pete, Piotr, até brincou quando viu as garras do gatinho, dizendo que era um verdadeiro gato selvagem escocês, uma espécie rara.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Chegando em casa, postaram fotos do gatinho na tentativa de encontrar seu possível dono, mas não tiveram sucesso. Decidiram, então, procurar caminhas de gato e outros itens para criar o filho, até um veterinário confirmar que o felino era um autêntico gato selvagem escocês.

Foto: SWNS

Essa é a única espécie de gato selvagem do Reino Unido e um dos mamíferos em risco de extinção na Europa.

Pete e Piotr não puderam ficar com o filhote, mas para ajudar a preservar a espécie de Huntleigh, nome que deram ao bichano, lançaram uma campanha de financiamento coletivo que já arrecadou £7.657 (mais de R$ 57 mil). 

Entre o mundo do tráfico e fazer o que sabe de melhor, o tatuador Evandro decidiu mudar de vida: trocou derrotas por vitórias. Confira!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: CICLOVIVO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,415,745SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Campanha convida pessoas a compartilharem o lado positivo das cidades onde vivem

É claro que nas cidades existem muitas coisas negativas, como a violência, a poluição e até a falta de empatia entre as pessoas. Mas, não podemos esquecer, e sempre valorizar, seus pontos positivos, como os parques, teatros e toda a variedade de serviços oferecidos.

Com cadeirinha de rodas feitas em 3D, a diversão de cães deficientes está garantida!

Usando uma impressora 3D, o militar norte-americano Trevor Byers construiu uma cadeirinha de rodas simples e confortável para sua cachorrinha Bubbles, que nasceu sem...

De babá à professora: conheça a história inspiradora da Veronice

A baiana decidiu dar uma guinada em sua vida e ao emprego de babá somou a faculdade de Pedagogia.

Depois de ter problemas com vistos devido sua nacionalidade, Indiano viaja para 194 países

A idéia para a viagem começou em 2003, quando o Sr. Kashi Samaddar, de 55 anos,  nascido em Calcutá, ficou em Johannesburgo, África do...

Instagram