A amizade encantadora da Maria Fernanda com coletores de lixo: muito além dos ovos de Páscoa

Mais do que fofa, a amizade com os coletores do caminhão do lixo traz uma mensagem sobre respeito a esses trabalhadores.


amizade maria fernanda coletores lixo
PUBLICIDADE ANUNCIE

A amizade de Maria Fernanda com coletores do caminhão do lixo é antiga, apesar da pequena ter apenas 2 anos e oito meses. Desde novinha, a mineirinha de Juiz de Fora acena, sorri, e manda beijo para os coletores quando o caminhão passa na sua rua. Também oferece água e refrigerante para seus amiguinhos, que retribuem o carinho da menina na mesma medida.

Uma amizade realmente comovente e que conquistou a internet na semana da Páscoa. A pequena fez questão de dar ovos de Páscoa para os coletores. Os ovos foram feitos pela mãe de Maria Fernanda, Fabrícia Pires, a pedido da filha. O pai da menina, Leonardo Souza, gravou o momento: e o que era pra ser só uma lembrança para Maria Fernanda daqui alguns anos, viralizou!

Leia também: Empresa incentiva alfabetização de garis, que trocam vassouras por lápis e caderno no DF

É de imaginar que por trás do gesto da menina estão valores ensinados pelos pais: um deles é respeitar o próximo, independentemente da sua profissão. Muitas vezes, invisibilizados ou diminuídos, apenas porque recolhem nosso lixo e mantêm as ruas limpas (?), Maria Fernanda trata os funcionários do Demlurb (Departamento Municipal de Limpeza Urbana) com profundo carinho: para a pequena, que já sabe contar de 1 a 10, são seus amiguinhos. Olha que fofura:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

“Desde um ano e pouquinho, ela sempre brincou com eles, e eles sempre brincaram com ela. Sempre foi assim! O que aparece no vídeo acontece toda semana. Minha esposa trabalha fazendo doce. E enquanto a gente fazia os ovos, ela falava pra gente não esquecer o ovo dos amigos. Foi ela quem insistiu. A gente nunca falou assim ‘ah, vamos fazer os ovos e gravar o vídeo’”, disse Leonardo em conversa com o Razões para Acreditar.

A mãe conta que o carinho de Maria Fernanda pelos coletores também vem dos seus avós, que têm uma pequena mercearia debaixo da sua casa. “Eles davam água, alguma coisa, para os meninos. E quando a Maria Fernanda começou a entender, ela passou a brincar com eles. Aí, toda semana, já é de praxe, ela dá uma garrafa de refrigerante pra eles. Ela até fala com eles ‘olha o nana’. Isso já era normal”, lembra Fabrícia.

“Só que na Páscoa, eu fazendo minha lista de encomendas, falei com ela assim ‘filha, de quem tá faltando?’. Ela falou ‘dos amigos’. Aí eu fiz pra dar para eles. Ela foi na maior felicidade entregar os ovos.”

Novinha, Maria Fernanda já ava refrigerante para os coletores

amizade maria fernanda coletores lixo

PUBLICIDADE ANUNCIE

Leia também: Dupla de garis viraliza na internet com vídeos de dicas bem-humoradas sobre o descarte de lixo

Como dissemos em Minas, Maria Fernanda é ‘garrada’ nos meninos. Ela pode estar dormindo, que basta os meninos chamarem seu nome pra ela acordar e correr para a rua. É algo realmente de Maria Fernanda, espontâneo, e por isso encantador! Não deixa de ser uma lição também: ninguém é melhor do que ninguém, como bem disse Fabrícia.

“A gente precisa muito deles! Quem não considera uma profissão digna… É uma profissão mais digna do que muitas. Sem eles, imagina como ficariam as nossas casas. É o que a gente tenta passar pra ela. E, graças a Deus, conseguimos passar de uma forma muito natural. Tanto que, hoje, isso é dela. Não precisamos pedir pra ela dar tchau, nada disso, é dela.”

amizade maria fernanda coletores lixo

A gentileza é de Maria Fernanda, mas a lição sobre respeitar esses profissionais e valorizar seu trabalho, certamente, é para todos. Mais do que fofa, a amizade com os coletores do caminhão do lixo traz uma mensagem sobre respeito! 🙏

Mais fotinhas da fofurinha:

amizade maria fernanda coletores lixo

amizade maria fernanda coletores lixo amizade maria fernanda coletores lixo

Leia também:

Bares e restaurantes brasileiros começam a abrir espaço para a gastronomia sustentável

“Comecei lavando louça, agora sou auxiliar de cozinha no restaurante”: projeto abre portas para mercado de trabalho

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

amizade maria fernanda coletores lixocrédito das imagens: Arquivo da família

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar