Filho de terrorista, Zak Ebrahim optou pela paz e hoje é ativista pacifista

Segundo ele, 99% das situações podem ser resolvidas sem uso da violência, afinal, não se combate guerra com guerra.


Filho de terrorista, Zak Ebrahim optou pela paz e hoje é ativista pacifista 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Depois de vivenciar muitas situações de violência, Abdulaziz El Sayyid Nosair mudou de identidade para apagar antigos e infelizes rastros de seu passado. Isso porque nos anos 1990 seu pai El Sayyid Nosair se tornou o primeiro jihadista islâmico em solo norte americano, onde não só assassinou um judeu como planejou o primeiro atentado ao World Trade Center, deixando seis pessoas mortas e mil feridas em 1993.

Hoje, o filho do terrorista se chama Zak Ebrahim, é palestrante, ativista e escritor, assinando a autoria do livro “O Filho do Terrorista – A História de uma Escolha”, onde narra como foi ser criado em meio ao ódio e como chegou a se tornar um defensor da paz ao invés de seguir os mesmos caminhos de seu pai, com o qual ele cortou relações.

zak-ebrahim

PUBLICIDADE ANUNCIE

Segundo ele, 99% das situações podem ser resolvidas sem uso da violência, afinal, não se combate guerra com guerra. Depois de ser vítima de bullying e ódio no Estados Unidos por boa parte de sua vida, fazendo com que ele e sua mãe se mudassem até 20 vezes até seus 19 anos, enfim encontrou paz, tolerância, empatia e equilíbrio entre pessoas de diferentes culturas e religiões, o que mudou sua percepção de mundo.

Numa palestra inspiradora do TED fala sobre sua trajetória, seus obstáculos e suas escolhas. “Eu escolhi usar minha experiência para revidar o terrorismo, lutar contra a intolerância. Um filho não tem que seguir o caminho de seu pai. Eu não sou meu pai”. Assista abaixo:

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar