Filho de terrorista, Zak Ebrahim optou pela paz e hoje é ativista pacifista

Segundo ele, 99% das situações podem ser resolvidas sem uso da violência, afinal, não se combate guerra com guerra.


PUBLICIDADE ANUNCIE

Depois de vivenciar muitas situações de violência, Abdulaziz El Sayyid Nosair mudou de identidade para apagar antigos e infelizes rastros de seu passado. Isso porque nos anos 1990 seu pai El Sayyid Nosair se tornou o primeiro jihadista islâmico em solo norte americano, onde não só assassinou um judeu como planejou o primeiro atentado ao World Trade Center, deixando seis pessoas mortas e mil feridas em 1993.

Hoje, o filho do terrorista se chama Zak Ebrahim, é palestrante, ativista e escritor, assinando a autoria do livro “O Filho do Terrorista – A História de uma Escolha”, onde narra como foi ser criado em meio ao ódio e como chegou a se tornar um defensor da paz ao invés de seguir os mesmos caminhos de seu pai, com o qual ele cortou relações.

zak-ebrahim

PUBLICIDADE ANUNCIE

Segundo ele, 99% das situações podem ser resolvidas sem uso da violência, afinal, não se combate guerra com guerra. Depois de ser vítima de bullying e ódio no Estados Unidos por boa parte de sua vida, fazendo com que ele e sua mãe se mudassem até 20 vezes até seus 19 anos, enfim encontrou paz, tolerância, empatia e equilíbrio entre pessoas de diferentes culturas e religiões, o que mudou sua percepção de mundo.

Numa palestra inspiradora do TED fala sobre sua trajetória, seus obstáculos e suas escolhas. “Eu escolhi usar minha experiência para revidar o terrorismo, lutar contra a intolerância. Um filho não tem que seguir o caminho de seu pai. Eu não sou meu pai”. Assista abaixo:

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar