No Dia Internacional da Amizade, uma história de amizade depois dos 80

Fazer amigos é bom em qualquer época da vida! Conheça a história da Stilene e do José, uma bonita amizade após os 80 anos!


amizade aos 80
PUBLICIDADE ANUNCIE

Fazer amigos é bom em qualquer época da vida. Faz bem para saúde. Seja aos 10, 30 ou 70 anos conhecer novas pessoas é essencial para o bem-estar. No Dia Internacional da Amizade, 20 de julho, trazemos a história da Stilene Chemmés Ganem e do José Pinto Guedes Netto, amigos depois dos 80 anos.

O companheirismo, a solidariedade e o bom-humor tem rendido momentos de muita diversão entre os amigos, residentes da Cora Campo Belo.

Moradora do residencial há 2 anos e 3 meses, a ex-nutricionista e paisagista Stilene, 87 anos, caminha com uma bengala. Nascida na Bahia, sempre teve uma vida ativa. Morou no Rio e em Brasília, antes de conhecer São Paulo, onde vive há 50 anos. Viúva, tem quatro filhos, cinco netos e um bisneto. Tem facilidade para fazer amizades, é comunicativa e muito alegre. Tem um grupo de amigos no residencial e ainda recebe visitas de amigas de fora com frequência.

“Não tem coisa melhor do que ter amigos, deixa nossa rotina muito melhor, a gente se distrai, bate-papo, dá risadas”, afirma Stilene.

amizade aos 80
O companheirismo, a solidariedade e o bom-humor tem rendido momentos de muita diversão entre os amigos

Ex-desenhista industrial, José, 82 anos, é mais quieto, observador e costuma fazer piadas pontuais. Sempre viveu no bairro do Tatuapé, na capital paulista, até chegar no residencial há pouco mais de um ano. Tem dois filhos e quatro netos. O pai era dançarino e ao acompanhá-lo quando jovem, também desenvolveu habilidade para dançar. Por esse motivo, costuma ser requisitado nos bailes. Não deixa de dar atenção a ninguém. Além disso é prestativo, gosta sempre de ajudar os residentes. Um dos motivos que o aproximou de Stilene.

A amizade nasceu durante a participação nas atividades da Cora. Ambos gostam de participar de todas: teatro, artesanato, rodas de conversas. Em uma delas, pintaram um quadro juntos, exposto no salão de jogos, um trabalho em conjunto, um trabalho de amigos.

PUBLICIDADE ANUNCIE
amizade aos 80
Stilene e José pintaram um quadro juntos. Um lindo trabalho de amigos!

Mas, a maior paixão deles é a dança. Nos bailes, dão show.  José costuma brincar que na hora da dança a Stilene deixa a bengala de lado.

Além do bate-papo durante as atividades, as conversas também rendem boas risadas nos horários das refeições. Segundo José, eles falam sobre vários assuntos: histórias de vida, família, programas de TV, notícias, atividades, gostos musicais.

Aliás, não é só na dança que a música está presente no convívio dos amigos. Stilene sempre anda com um rádio portátil com pen-drive. Gosta de vários estilos, mas o preferido é o clássico. “Quando estou no refeitório ou na sala de estar e escuto uma musiquinha se aproximando, eu já sei: a Stilene está chegando”, brinca José.

Na Festa Junina do mês passado, para completar o momento de alegria eles formaram o casal de noivos da quadrilha.  Segundo eles, o arraial foi incrível.

Não à toa, os amigos também já foram eleitos Miss e Mister Cora, pela simpatia, pelo desempenho nas danças e, claro, pelo exemplo de amizade. Cada um guarda a faixa da premiação com carinho. Uma forma de recordar o momento especial.

“Nossa amizade é muito bonita porque a gente se ajuda muito no dia a dia”, finaliza José.

Muito bonita a amizade da Stilene e do José, não é mesmo? Mas não vai embora, não. Aqui reunimos mais 11 histórias de amizade fofas, engraçadas e emocionantes. E qual é a sua história de amizade, conta pra gente!

Fotos: Divulgação

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar