Marido cria cadeira especial para esposa continuar desbravando montanhas

A cada trilha, pico e montanha, o amor do casal renasce mais forte.


marido cadeira especial esposa montanhas
PUBLICIDADE ANUNCIE

Juliana e Guilherme se conheceram na faculdade. Começaram a fazer escaladas e depois passaram para o trekking: caminhadas por trilhas, picos e montanhas. Então, Juliana descobriu um câncer de mama.

Mas com o apoio da família e muita determinação, o casal venceu a doença. Depois do susto, uma boa notícia: Juliana estava grávida. Porém, no segundo mês de gestação, apareceu um novo problema de saúde, chamada Degeneração Cerebelar Paraneoplástica, uma síndrome extremamente rara.

Apesar da gravidade da doença, Juliana conseguiu concluir a gravidez com segurança até o 7º mês: Benjamin nasceu! O câncer tirou de Juliana a capacidade de andar, controlar o movimento dos braços e falar com fluência. Mas não tirou sua paixão por trilhas e montanhas.

marido cadeira especial esposa montanhas
Guilherme, o pequeno Ben e Juliana

Leia também: Paraense de declara para marido que a busca no trabalho de bicicleta e viraliza

Foi então que Guilherme teve a ideia de construir para Juliana uma cadeira especial com a ajuda de um amigo engenheiro. Após várias tentativas, chegaram ao resultado final: a cadeira “Julietti”.

marido cadeira especial esposa montanhas

“Sem a Julietti não seria possível voltar a fazer trilhas, pois não existe acessibilidade nenhuma. A cadeira é apenas um acessório. Eu chego nos mesmos lugares e da mesma forma das outras pessoas. O sentimento é de felicidade, pois achei que nunca mais iria ter esse contato com a natureza”, disse Juliana ao Razões para Acreditar.

“Acredito que tudo é possível, que temos que correr atrás dos nossos sonhos e não desistir nunca.”

marido cadeira especial esposa montanhas
Sonhar e realizar ❤

A cadeira deu tão certo, que Juliana e Guilherme resolveram criar o projeto Montanha Para Todos, para que o equipamento seja acessível ao maior número de pessoas com outras deficiências.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Devagar e sempre ☺

Uma publicação compartilhada por montanhaparatodos (@montanhaparatodos) em

“Depois do primeiro teste com a Julietti, eu vi que era possível e quis que outras pessoas experimentassem a mesma sensação e tivessem a mesma alegria que eu tive. As cadeiras Juliettis são para qualquer pessoa com mobilidade reduzida, incluindo inúmeros tipos de doenças ou até mesmo pessoas acidentadas”, explica Juliana.

marido cadeira especial esposa montanhas

Leia também: Esposa doa rim para ex-marido doze anos após separação

E olha que legal: o projeto não vende a cadeira, mas disponibiliza o equipamento para qualquer pessoa pegar emprestada com os responsáveis. Tem Julietti em Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Goiás, Espírito Santo, Paraná, Ceará, Bahia, Roraima, Bahia, Paraíba e São Paulo (clique aqui).

“Nós brincamos que a Julietti é uma fazedora de sorrisos. Não tem uma pessoa que sente nela ou que participe de uma atividade ajudando na condução da cadeira que não termine o dia rindo e muito mais leve”, afirma Guilherme.

marido cadeira especial esposa montanhas

É uma oportunidade para tirar pessoas com necessidades especiais daquela rotina de hospital, terapias e casa. E colocá-la em um local onde todo mundo fala que ela não pode estar. É uma sensação de liberdade e ao mesmo tempo um momento onde a pessoa é igual as outras. Não existe diferença, todos estão lá passando o mesmo perrengue, ouvindo as mesmas piadas e brincando e sorrindo todo mundo junto. A cadeira Julietti é como se fosse apenas um par de tênis diferente. No restante, todos são iguais na natureza e o espírito de companheirismo e união é muito leve.”

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Despacito 🎶

PUBLICIDADE ANUNCIE

Uma publicação compartilhada por montanhaparatodos (@montanhaparatodos) em

O projeto se transformou em uma ONG, o Instituto Montanha Para Todos. Hoje, as cadeiras Juliettis são produzidas por uma empresa de cadeira de rodas: o casal passou a patente da cadeira para a empresa pra poder comprar o equipamento por um valor abaixo do que sairia se produzisse por conta própria.

“As cadeiras são adquiridas através de doações recebidas pelo nosso site. Qualquer pessoa pode doar uma única vez ou de forma recorrente. Muitas das cadeiras foram adquiridas através de campanhas pontuais, incluindo vakinha on-line, rifa e bingo”, explica Guilherme.

marido cadeira especial esposa montanhas

marido cadeira especial esposa montanhas

Leia também: Ela provou que amava o marido cuidando dele até seu último suspiro

“O que temos como regra é o seguinte: a pessoa que doar o valor total da cadeira pode escolher para onde a cadeira vai. Doou um valor inferior, este valor vai sendo somado e quando juntarmos o valor para uma cadeira, compramos e enviamos para algum estado do Brasil onde ainda não tem.”

marido cadeira especial esposa montanhas

Até o momento, a manutenção das cadeiras que precisaram de reparos foi feita com o dinheiro do próprio casal e com a ajuda de amigos próximos. Isso porque a ONG não recebe doações constantemente e não tem empresas parcerias para fornecer esse tipo de apoio.

marido cadeira especial esposa montanhas

“Todo mundo pode ajudar de alguma forma, se cadastrando como voluntário para ajudar na condução das cadeiras, para ajudar na administração da ONG e também colaborar com doações.”

O prazer supera o cansaço

Subir e descer trilhas com Juliana a bordo da Julietti existe bastante esforço físico. “Mas é muito prazeroso ver o sorriso no rosto da Ju e também ver acontecer tudo o que planejamos quando decidimos ter um filho. Sempre falamos que ele iria conosco para as montanhas e isso vem se concretizando”, afirma Guilherme.

marido cadeira especial esposa montanhas

“Espero que o Ben se torne um homem que priorize sempre a família e entenda que o restante é apenas consequência, e que também seja uma pessoa que saiba lidar com as diferenças e surpresas que a vida nos traz. Tudo isso sem perder o sorriso e a alegria.”

Refazendo trilhas

Antes do diagnóstico da doença de Juliana, o casal tinha visitado 30 lugares diferentes e mais de uma vez. A ideia agora é revisitar todos esses lugares com a Julietti. Mas Juliana, Guilherme e o pequeno Benjamin também foram a lugares novos: visitaram um vulcão na Bolívia, com mais de 6 mil metros de altitude e coberto pela neve.

marido cadeira especial esposa montanhas

A família viaja em uma Toyota Bandeirante com um “Camper” (espécie de trailer em cima da caçamba). Quando chegam ao seu destino, sempre contam a ajuda de amigos para conduzir a cadeira. “Como viajamos só eu, a Ju e o Bem, vamos fazendo novos amigos pelo caminho.”

marido cadeira especial esposa montanhas

marido cadeira especial esposa montanhas

Volta ao mundo

A família planeja viajar pelo Brasil e o mundo durante 4 ou 5 anos. A primeira etapa, que é rodar pelo Brasil, começou três meses atrás. A ideia é fechar o roteiro até o fim de 2019. Em 2020, o destino será a Europa, em 2021, África, em 2022, Ásia/Oceania, e pra fechar a trip internacional, Américas (Alaska/Ushuaia), em 2023.

marido cadeira especial esposa montanhas

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

marido cadeira especial esposa montanhas

crédito das fotos: Reprodução/Instagram @montanhaparatodos

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar