Pai e filho conquistam bronze na bocha e afirmam que parceria no esporte fortalece vínculos

Oscar e Matheus Carvalho praticam bocha paralímpica desde 2012 e conquistaram o bronze na classe BC3 nos Jogos de Lima.


pai filho bocha paralímpica
PUBLICIDADE ANUNCIE

Oscar e Matheus Carvalho começaram a praticar bocha paralímpica em meados de 2012. Na época, pai e filho, medalhistas de bronze na classe BC3 nos Jogos Parapan-Americanos Lima 2019, tinham apenas uma calha e bolas emprestadas.

Foram convidados a participar do campeonato Regional Centro-Oeste que aconteceria em Campo Grande (MS), mas na cabeça deles a experiência iria servir apenas para conhecer o sistema de competições e passar pela classificação funcional.

Porém, assim que o Mateus foi classificado, ficamos sabendo que no dia seguinte iríamos participar ativamente do evento. Foi muito tenso, uma vez que o nosso volume de treinos e de trabalho em equipe ainda era muito pequeno, mas fomos lá e levamos o terceiro lugar! Isso foi uma supermotivação e injeção de ânimo para o Mateus”, relata Oscar.

Pai e filho conquistam bronze na bocha e afirmam que parceria no esporte fortalece vínculos 1
Foto: Reprodução

Oscar é o calheiro de Mateus, que tem uma patologia rara que causa má formação, dificultando a movimentação dos membros superiores e inferiores. Basicamente, Oscar tem a função de posicionar a calha para Mateus lançar a bola, seguindo as instruções do filho para a melhor jogada.

Leia também: Tricampeão no Parapan, Lauro Chaman relembra começo difícil e enaltece esporte paralímpico

Pai e filho conquistam bronze na bocha e afirmam que parceria no esporte fortalece vínculos 2
Foto: Reprodução

Entre treinos e competições, pai e filho passam bastante tempo juntos: “convivemos quase que 24 horas juntos, o assunto é sempre o mesmo, a bocha e os treinos e competições”. Não que nunca tenha sido assim, afinal, “desde o primeiro ano de vida do Mateus eu o acompanho”.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Pai e filho conquistam bronze na bocha e afirmam que parceria no esporte fortalece vínculos 3

Em 2006, Mateus foi para a natação de alto rendimento e Oscar estava lá acompanhando o filho de perto também. Seis anos depois, migraram para a bocha. Além do companheirismo, há espaço para desentendimentos, ideias divergentes, mas nada que atrapalhe a parceria deles.

Leia também: Tisbe de Souza conquista bronze na natação: “Lembrei das vezes que pensei em desistir

Pai e filho conquistam bronze na bocha e afirmam que parceria no esporte fortalece vínculos 4
Foto: Reprodução

“Como pai e filho sempre sobra um desentendimento sobre uma ou outra ideia a respeito de jogadas ou estratégia de jogo, mas nada que possa atrapalhar a nossa caminhada”, afirma Oscar.

Mateus considera um grande privilégio ter o pai com ele no esporte. Segundo Mateus, “é muito bom ter alguém tão importante na minha vida dentro de quadra comigo”. Ele completa: “A cada dia de treino e os dias de competições que estamos juntos nos fortalecemos ainda mais”.

A seguir, confira outras conquistas de Mateus e Oscar, além do bronze no Parapan de Lima:

Conquistas nacionais

2012 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Bonze

2014 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Prata

2015 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2015 – Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2016 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2017 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2018 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2018 – Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica – Pares e Equipes e Individual – Medalha de Bonze nos pares e Medalha de Ouro no individual

2018 – Jogos Paralímpicos Universitários – Medalha de Ouro

2019 – Seletiva de Bocha do Triangulo Mineiro – Medalha de Ouro

2019 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Bronze

Conquistas Internacionais

2015 – 2015 Boccia Americas Team and Pairs Championship Montral – Medalha de Ouro

2018 – BISFed 2018 Sao Paulo Boccia Regional Open – Medalha de Prata no individual e Medalha de Ouro nos pares

2019 – BISFed 2019 Montreal Boccia World Open – 4º lugar no individual e Medalha de Bonze nos pares

Foto destacada: Reprodução

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar