Para homenagear seus pais, jovem ergue enxada durante formatura


PUBLICIDADE ANUNCIE

Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi palco de um vídeo que bombou na internet e emocionou a todos que o assistiram.

Nele, o gesto de amor, gratidão e orgulho de uma filha por tudo o que seus pais fizeram por ela, para que ela pudesse se formar.

Kauany Sousa, de 24 anos, fez uma poderosa homenagem durante sua formatura do curso em Serviço Social pela Universidade Potiguar: ergueu uma enxada para representar e agradecer o esforço de seus pais trabalhadores do campo para que ela pudesse realizar seu sonho.

“Eu lembro do meu pai saindo todos os dias para trabalhar, como ele faz até hoje. Trabalhar na roça, para dar sustento para mim e mais três irmãos. Desde o início, foi sempre assim. A lembrança que eu tenho é de ver ele sair de casa para trabalhar”, disse em entrevista ao canal UERN TV.

A estudante, que nasceu em Almino Alfonso, no sítio Caraúba Torta, teve uma infância difícil. A renda de seu pai, Nilson Pereira, as vezes não passava de R$ 20 por semana e chegaram a ter dificuldades até mesmo para comer todos os dias. Ela, junto com seus outros três irmãos, ajudavam no trabalho do campo.

“Eu sempre sonhei ser jornalista. No sítio onde eu morava não tinha energia elétrica nem televisão. Então, eu ficava escutando rádio e dizia para minha mãe que um dia ia me formar e aparecer na televisão. Eu comecei a estudar apenas aos sete anos, tendo aulas embaixo de uma árvore. Eu comecei a faculdade apenas em 2012, quando sai de casa e fui para Mossoró, depois de ganhar um bolsa de estudos na Universidade Potiguar. Escolhi o curso de Serviço Social porque tinha semelhança com Comunicação Social, mesmo assim me apaixonei”, conta Kayane em entrevista ao Extra.

Em 2012, ela recebeu a melhor notícia de sua vida, de que tinha passado em Comunicação Social na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, seu sonho profissional.

“Eu trabalhava de manhã, estagiava à tarde e estudava à noite. Para fazer a outra faculdade tive que parar de trabalhar. Conversei com meus pais e com meu marido, que vende água, para conseguir fazer os dois cursos. Eu passei por muita dificuldade, morei na casa de todo mundo”, relembra.

A união desta família não para por aí. Para que ela pudesse participar de sua festa de formatura, seu marido trabalhou dobrado, ele fez questão de que ela tivesse tudo o que tem direito.

“A homenagem foi de última hora e foi ideia de uma amiga cerimonialista. Ninguém sabia e foi muito emocionante. Eu queria fazer algo diferente. Quando descia as escadas com a enxada nas mãos e vi meus pais, quase morri de chorar porque percebi a alegria deles. Meus pais nunca reclamaram da vida, apesar das dificuldades, e quis demonstrar o meu amor”, emociona-se.

Quando questionada sobre a repercussão do vídeo, disse que nunca imaginou que a homenagem “fosse passar daquele salão de festas”. Diz ainda que pretende repetir a homenagem na formatura do curso de Comunicação Social.

E sobre os próximos passos, pretende fazer mestrado e doutorado em Comunicação e revelou que gostaria de conhecer o apresentador Silvio Santos.

13012764_827190764081073_101364681328881853_n

19198266

20160430153808354887e

PUBLICIDADE ANUNCIE

enxada

ENXADA4

Estudante-homenageia-pais-que-vieram-do-campo-durante-formatura_01-670x471

Kauany-Sousa-4

kaunany

marido

monatgem

pais

Fonte: Extra e Painel Acadêmico

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar