Com 30 milhões de cães e gatos na rua, campanha quer diminuir o abandono de animais no Brasil


abandono de animais
PUBLICIDADE ANUNCIE

Existe uma premissa que já é milenar: o cachorro é o melhor amigo do homem. Vamos incluir que os felinos também são. Mas parece que muita gente ainda não leva o assunto tão a sério. Isso porque – pasmem – existe hoje 30 milhões de pets vivendo nas ruas do país. Para combater o problema, foi criada uma campanha para diminuir o abandono de animais no Brasil. Idealizada pela PetAnjo, a #ParedeAbandonar quer ampliar a consciência e abaixar assustadoras as estatísticas.

De acordo com a ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) de 100 milhões de animais de estimação no Brasil, 30% estão nas ruas. Fora os que estão nas vias públicas, há aqueles mantidos por abrigos e ONGs. Ao contrário do que muita gente pensa, mascotes de raça também são vítimas do abandono, que normalmente acontece quando envelhecem, ficam doentes ou em situações de mudança dos donos para um lugar menor. É, minha gente, salve-se quem puder dessa irresponsabilidade toda! Quem paga essa conta é a sociedade, mas quem passa por anos de sofrimento são os bichos.

abandono de animais

A ação da marketplace de serviços pet em parceria com organizações não governamentais tem como intuito a sensibilização das pessoas através da internet e das redes sociais. Um vídeo mostra a cruel realidade de um cão perdido nas ruas de São Paulo, após ser abandonado pelo seu dono. A ideia é mostrar o quanto estes animais correm riscos, ficam expostos à doenças, frio, fome e sede, mas o principal: perdem o lar das pessoas que eles mais amavam nessa vida.

PUBLICIDADE ANUNCIE

O problema só aumenta a medida em que há a compra de animais, alimentando um mercado de vidas, que também correm o risco de abandono, deixando outros tantos cães e gatos que vivem nas ruas ou em abrigos para trás. Não é novidade que os Centros de Zoonoses estão acima de sua capacidade, muitas ONGs não têm condições de se manter e assim se cria um ciclo nada saudável. Se for para escolher um bichinho para ter em casa e que se adapte ao seu estilo de vida, basta pesquisar. Existem cachorros e felinos de raça, vira-latas, de todos os tamanhos, idades e personalidades.

A campanha também disponibiliza um ebook com um guia de adoção e orientações para adotar um pet . Existem vários animais que estão em abrigos esperando por uma família. Pelo site é possível encontrar uma ONG parceira para adotar um pet, ser um voluntário ou também fazer uma doação. Para ajudar apoiar a causa, compartilhe nas redes sociais e utilize a hashtag #PareDeAbandonar

abandono de animais

abandono de animais

Fotos: divulgação; destaque via UIPA

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar