Gatos de abrigo transformam vidas de detentos em prisão dos EUA


Prisão EUA aceita gatos abrigo transforma vidas prisioneiros
PUBLICIDADE ANUNCIE

Os animais de estimação podem ser grandes provedores de amor e carinho na vida dos seres humanos, e a ciência corrobora isso: existe, de fato, um poder terapêutico e transformador na interação de cães e gatos para conosco.

Eles podem ser alicerces contra a depressão, a ansiedade e o estresse. Mais do que nossos melhores amigos e companheiros, cães, gatos e outros animais elevam nosso bom humor, nossa autoestima e diminui a pressão arterial.

[Esdras começou a cuidar de animais abandonados aos 14 anos. Hoje, ele mantém um abrigo, mas o espaço é alugado. O jovem protetor precisa comprar um terreno para construir um abrigo próprio. Esdras vai poder acolher mais animais vítimas de maus-tratos com a qualidade de vida que eles merecem! Clique aqui e contribua.]

Ciente desses benefícios, o sistema prisional da Indiana, nos EUA, juntou-se à Liga de Proteção Animal (APL) para criarem um projeto de ressocialização e transformação emocional dos presos da Pendleton Correctional Facility.

Prisão nos EUA aceita gatos de abrigo e transforma vidas de prisioneiros

A ideia é realmente brilhante! Dezenas de gatos resgatados das ruas e que vivem no abrigo da APL foram integrados à instituição correcional, onde os presos são responsáveis pelos seus cuidados.

Leia também: Yoga transforma rotina e melhora saúde física e mental de presos em SP

O projeto é vantajoso para ambos os lados: os presos desenvolvem afeição e sensibilidade às necessidades dos bichanos, enquanto estes ganham aquilo que lhe faltou a vida toda: amor e carinho que nunca tiveram nas ruas.

Prisão nos EUA aceita gatos de abrigo e transforma vidas de prisioneiros

Os prisioneiros alimentam, limpam e cuidam dos gatinhos, todos os dias. O programa tem duração esperada de doze meses.

Leia também: Crianças de comunidade carente de Curitiba são surpreendidas com lanche e agasalho na volta às aulas

“É um projeto muito interessante, porque os detentos têm a oportunidade de aprimorarem sentimentos como compaixão e cuidados com o próximo. E aliás, os gatinhos só precisam disso… Amor e cuidado”, disse o diretor da APL, Maleah Stringer.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Prisão nos EUA aceita gatos de abrigo e transforma vidas de prisioneiros

“Essa ação lhes ensina responsabilidade, como interagir em um grupo usando métodos não violentos para resolver problemas e dá a eles o amor incondicional de um animal de estimação — algo que muitos desses internos nunca conheceram”, escreveu a APL em uma publicação em seu site oficial.

Prisão nos EUA aceita gatos de abrigo e transforma vidas de prisioneiros

Iniciativas semelhantes têm se espalhado por diversas prisões dos Estados Unidos, como a Unidade Corregional do Complexo de Monroe, entre outras.

Prisão nos EUA aceita gatos de abrigo e transforma vidas de prisioneiros

“O Programa da APL reduziu a ociosidade dos infratores presos, e tem lhes ensinado lições sobre responsabilidade, compaixão e sensibilidade às necessidades do próximos. Também contribuiu para o aumento da autoestima dos detentos. A presença dos gatos na Unidade E trouxe mais tranquilidade ao ambiente prisional e fortaleceu o espírito da comunidade”, disse o chefe da seção prisional.

Prisão nos EUA aceita gatos de abrigo e transforma vidas de prisioneiros

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Inspire Change/Fotos: Reprodução/Inspire Change

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar