Hospital autoriza cadela dar um último adeus para o seu dono

O hospital deixou que ela se despedisse do dono.


PUBLICIDADE ANUNCIE

Um hospital da Califórnia autorizou a cadelinha Mollie dar um último adeus ao seu dono, Ryan Jessen, de 33 anos. Ryan teve uma hemorragia cerebral e seu estado era irreversível.

Ryan chegou ao hospital achando que tinha uma enxaqueca grave, mas descobriu que havia sofrido uma hemorragia cerebral. A morte dele era uma questão de tempo.

Mollie não sabia que Ryan estava hospitalizado. O hospital, então, deixou que ela se despedisse dele e assim soubesse o motivo da sua ausência.

PUBLICIDADE ANUNCIE

A irmã de Ryan filmou o momento em que ela entra no quarto com a família e publicou nas redes sociais. “Assim ela pode saber porque seu humano nunca voltou para casa”, escreveu Michelle Jessen no Facebook. O vídeo tem mais de 250 mil reações e mais de 132 mil compartilhamentos.

Confira:

Com informações do Distractify / Foto: Reprodução/Facebook

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar