Ninho de coruja faz mudar rumo de obra em rodovia de Jundiaí


PUBLICIDADE ANUNCIE

Um ninho de coruja levou a concessionária Rota das Bandeiras a alterar o cronograma das obras de recuperação de um viaduto no km 64 da rodovia Eng. Constâncio Cintra (SP-360), em Jundiaí. Quando chegaram para iniciar os serviços, há um mês, funcionários encontraram um ninho com quatro ovos da espécie Tyto alba, conhecida popularmente como coruja-da-igreja ou suindara.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Para não atrapalhar a procriação, a alternativa foi inverter a ordem dos serviços, iniciando os trabalhos no outro lado do viaduto. O ninho está instalado num espaço existente na parte inferior da estrutura. Dos quatro ovos, dois vingaram e resultaram em filhotes que ainda estão aprendendo a voar. A concessionária vai esperar que os dois pássaros tenham condições de voo para recuperar a estrutura interna dessa parte do viaduto.

A coruja-da-igreja é considerada uma das aves mais úteis do mundo, pois se alimenta de roedores, controlando a população de ratos. “Se continuássemos os trabalhos, a coruja adulta abandonaria os ovos e não teríamos os filhotes”, disse Ronaldo Brasil Jungers, tecnólogo em gestão ambiental da concessionária.

 

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar