Anitta convoca bailarinos down, cadeirante, paratleta, terceira idade e plus size para seu balé

A palavra “padrão”, definitivamente, parece não estar no dicionário da rainha Anitta. Após provar que mulheres plus size podem ser excelentes dançarinas (relembre aqui), a cantora surpreende mais uma vez ao anunciar os novos dançarinos da sua equipe de balé.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felipe Rodrigues vai participar de um projeto especial da cantora, que ainda é surpresa. “Tá feliz que vai ser meu bailarino novo? Já decorou tudo? A Arielle tá te ensinando direitinho? Está feliz que vai ser dançarino oficial agora? Que mara, hein? Eu amei”, disse a cantora, nesta terça-feira (17), em seu Instagram.

“Já. Tá (ensinando), né, Arielle” Vou ficar na frente contigo”, respondeu o novo dançarina da companhia, que estava tendo uma aula com a coreógrafa e bff da Anitta, Arielle Macedo.

O rapaz é velho conhecido dos fãs de Anitta. Ele dançou a coreografia da música “Bang” com a cantora em um show no Rio de Janeiro, em 2015.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois de apresentar Felipe aos fãs, a cantora mostrou os bastidores do ensaio, onde também vemos uma dançarina de cadeira de rodas (Vanessa Abreu) e outra com uma perna mecânica (Camille Rodrigues, atleta paraolímpica da seleção brasileira de natação).  Todos eles estarão na apresentação da cantora no Prêmio Multishow, na próxima terça-feira.

Na apresentação promete marcar a história de um dos prêmios de música mais importantes do país, Anitta vai dividir o palco com outros dançarinos fora do padrão considerado “normal” pela sociedade (quem é normal, afinal?): Felipe Campus, bailarino e modelo plus size, e Beatriz Rocha, dona de casa, de 52 anos.

Felipe Campus: bailarino e modelo plus size Foto: reprodução/instagram

Felipe já dançou com Valesca e Naldo, outros nomes importantes do funk nacional. Ele foi bailarino por 11 anos, mas pendurou as sapatilhas para se dedicar à carreira de modelo plus size e só voltou a dançar há pouco tempo. E que forma de voltar, hein?!

A paratleta Camille Rodrigues Foto: reprodução/instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vanessa Andressa: bailarina de cadeira de rodas Foto: reprodução/instagram

[ATUALIZAÇÃO]

No Instagram, Anitta foi criticada por internautas sob acusações de estar ”querendo chamar a atenção de todo jeito” com a iniciativa.
Ela rebateu os comentários afirmando que o intuito é jogar luz sobre os casos de pessoas com deficiências. ”Depois as pessoas ainda perguntam por que o Brasil não anda bem. Estou doida pra chamar atenção mesmo… pra um assunto muito importante que o nosso povo quase não dá atenção. Pessoas assim têm limitações. Mas não é impossível de trabalhar. É preciso adequar agenda, estrutura local, custos, limitações de cada um para estar dentro de um show inteiro…”, escreveu ela.
”A gente tenta ajustar tudo isso pra passar uma mensagem legal. Pra permitir que pessoas ‘invisíveis’ trabalhem com uma coisa que gostam. E ainda tem que ler uma coisa dessas. É de chorar…”, conclui Anitta, que ainda não revelou se os dançarinos farão parte de um projeto específico ou a acompanharão em turnê pelo Brasil.

Anitta, gurrllll, só nos resta te aplaudir e reverenciar! 😉

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Crédito de fotos: Reprodução Instagram

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,452,816SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A incrível história de superação do surfista cego Derek Rabelo

Acaba de sair o trailer do documentário Além da Visão, que conta a emocionante e inspiradora história de vida do surfista cego Derek Rabelo. O...

Maqueiro pinta personagens infantis e melhora astral de ala pediátrica

É comum imaginarmos os hospitais como lugares sem cores, desbotados, frios e sem alegria. Mas na ala de Pediatria do Hospital Municipal Miguel Couto, no...

Internautas organizam piquenique para professora após alunos darem “bolo” nela

A professora Rosana Carvalho, da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro, organizou um piquenique, mas nenhum aluno compareceu.

Alemães também dão exemplo e recolhem seu lixo e dos outros em praia do Rio

Muita gente viu e falou sobre o simples (mas belo) ato dos turistas japoneses que recolheram o lixo gerado na Arena Pernambuco, no Recife,...

Fundador do Razões para Acreditar fará palestra gratuita em SP sobre como a página virou um negócio social

Se tem uma pergunta que vira e mexe aparece na caixa de perguntas do stories do Instagram ou mesmo que nos fazem pessoalmente, em...

Instagram